PE­LE CAUCASIANA

Women’s Health (Brazil) - - Moda + Beleza -

“PER­CE­BI CO­MO DI­FE­REN­TES ABOR­DA­GENS PO­DE­RI­AM BE­NE­FI­CI­AR ME­LHOR O TRA­TA­MEN­TO DE CA­DA TOM DE PE­LE”

PRO­BLE­MA A SER SOLUCIONADO

En­ve­lhe­ci­men­to e ro­sá­cea

A fi­na ca­ma­da de co­lá­ge­no dér­mi­co em pe­les cla­ras mos­tra si­nais de en­ve­lhe­ci­men­to mais rá­pi­do do que em qual­quer ou­tra et­nia. A me­nor quan­ti­da­de de me­la­ni­na tam­bém aju­da pa­ra es­se ace­le­ra­men­to, já que ela é uma pro­te­ção na­tu­ral con­tra os rai­os UV, um dos prin­ci­pais cau­sa­do­res de en­ve­lhe­ci­men­to pre­co­ce. “Há o en­ve­lhe­ci­men­to in­trín­se­co, pro­du­zi­do pe­lo tem­po e ine­vi­tá­vel, e há o cau­sa­do por fa­to­res ex­ter­nos, co­mo sol e po­lui­ção, e que cau­sa não só ru­gas, co­mo ou­tros si­nais da ida­de: man­chas, que­ra­to­ses, per­da de elas­ti­ci­da­de... A bai­xa quan­ti­da­de de me­la­ni­na in­flu­en­cia nes­ses que­si­tos”, diz Ali­cia Ma­bel Du­ar­te, mé­di­ca dermatologista de São Pau­lo.

O ou­tro pro­ble­ma é a ro­sá­cea, uma do­en­ça vas­cu­lar ge­né­ti­ca in­fla­ma­tó­ria e crô­ni­ca na pe­le da fa­ce, se­gun­do Ali­cia. Ela co­me­ça com epi­só­di­os de eri­te­ma (ver­me­lhi­dão) tran­si­tó­rio que, com o tem­po, se tor­na per­ma­nen­te.

Por ou­tro la­do, a pe­le cla­ra ten­de a res­pon­der me­lhor a tra­ta­men­tos agres­si­vos, co­mo la­sers e pe­e­lings, já que são me­nos pro­pen­sas a in­fla­ma­ções. Mas pre­ve­nir é me­lhor do que re­me­di­ar. Além do pro­te­tor so­lar, uti­li­ze cre­mes com vi­ta­mi­na C, que pro­te­gem a pe­le do sol e aju­dam a pro­du­zir co­lá­ge­no.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.