A Nacao

Governo prevê cresciment­o económico em 2022

-

Aproposta de OE’ 2022, no montante de cerca de 73 milhões de contos, prevê um cresciment­o económico entre 3,5 e 6%, uma inflação de entre 1,5 e 2%.

A mesma fonte prevê um aumento do número de turistas na ordem dos 100 a 150% face a 2021 e com isto o país estará em condições de aumentar o emprego líquido com a previsão da criação de cerca de 9.700 empregos.

O défice público que em 2019 estava à volta de 1,8% do PIB vai situar-se, no próximo ano, em 6,1% e a dívida pública que era 124% em 2019 vai passar para 150,9 % do PIB, registando, entretanto, uma melhoria face a 2020 e 2021, que foram de 155,6 e 153,9% respectiva­mente.

Há uma previsão cresciment­o económico de até 7,5% em 2021, com a recuperaçã­o do turismo no quarto trimestre, e cerca de 6% em 2022, de acordo com as previsões do OE para 2022.

A expetativa do Governo é que o PIB real possa “crescer entre 6,5% e 7,5%” este ano, face a 2020, que registou então uma recessão histórica de 14,8%.

Para 2022, espera-se que com uma maior dinâmica do turismo, o PIB cresça cerca de 6%. Num cenário mais adverso, em que se materializ­em os principais riscos macroeconó­micos, a expectativ­a é de que a actividade económica cresça no máximo 3,5%, sendo certo que será agravada a situação macro fiscal, sobretudo por via da arrecadaçã­o fiscal

O Governo prevê que o PIB - toda a riqueza produzia no país - ascenda no próximo ano a 188.945 milhões de escudos (1.705 milhões de euros), face aos 176.960 milhões de escudos (1.597 milhões de escudos) projetados para 2021.

 ?? ??
 ?? ??

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Cabo Verde