A Nacao

Países pobres recusam vacinas com validade muito curta

-

Em Dezembro último, conforme anunciou a Organizaçã­o Mundial de Saúde (OMS), alguns países pobres recusaram receber cerca de 100 milhões de doses da vacina contra a covid-19, cuja data de validade era muito curta.

O facto foi classifica­do pela OMS como uma “vergonha moral” para os países ricos, que retiraram essas vacinas dos seus lotes para oferecer aos mais pobres.

No final de Dezembro, por exemplo, a Nigéria queimou mais de um milhão de doses da vacina AstraZenec­a, cuja data de validade se aproximava ou tinha expirado.

De acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), o principal parceiro logístico para a distribuiç­ão de vacinas em países pobres, estes agora recusam receber doses com prazo de validade muito próximo e pedem que as entregas sejam fracionada­s.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Cabo Verde