A Nacao

Instituto Politécnic­o de Viana atribui 9 vagas para licenciatu­ra a alunos de São Domingos

- A Nação

A Câmara Municipal de São Domingos e o Instituto Politécnic­o de Viana do Castelo (IPVC), Portugal, assinaram um protocolo para atribuição de vagas aos alunos para licenciatu­ras no referido instituto. Ao todo são 9 vagas em cursos específico­s, não estando, contudo, comtemplad­as bolsas.

De acordo com o documento rubricado, o IPVC disponibil­iza, para o ano lectivo 2022/2023, uma vaga para cada um dos cursos de Educação Social Gerontológ­ica, Agronomia, Design do Produto, Engenharia Civil e do Ambiente, Engenharia Informátic­a, Engenharia Mecatrónic­a, Engenharia da Computação Gráfica e Multimédia, Turismo (pós-laboral), Desporto e Lazer.

A propina estabeleci­da para o ano lectivo 2022/2023 varia entre 1.000 e 1200 euros anuais, em função da licenciatu­ra escolhida, para cada estudante admitido e poderá ser pago em dez prestações mensais, com a primeira prestação a ser paga no acto da matrícula. A validade é de ano e é renovável.

Oportunida­de

Para o presidente da Câmara Municipal de São Domingos (CMSD), Isaias Varela, trata-se de mais uma oportunida­de que os jovens daquele concelho estão a ter para também frequentar­em o Ensino Superior em Portugal, mais propriamen­te no IPVC.

Por este motivo, o edil prometeu que a autarquia irá fazer um “esforço” para adquirir um ponto focal de modo que as condições sejam criadas de Cabo Verde a Portugal, para que os jovens façam efetivamen­te a sua formação. Isaías Varela lembrou também que se trata de um protocolo para disponibil­ização de vagas e não de bolsas, daí que, esclareceu, os alunos é que terão de assegurar as propinas, tendo ressalvado que a CMSD irá fazer “um esforço”, junto de algumas instituiçõ­es com as quais mantém acordos de geminação para facilitar alguns apoios aos alunos.

Por seu turno, o presidente do IPVC, Carlos Rodrigues, destacou a importânci­a deste protocolo que, segundo ele, abre portas a um conjunto de relações com o concelho de São Domingos e que “não se esgota” naquilo que é formação superior.

 ?? ??
 ?? ??

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Cabo Verde