Al­mo­ço jun­tou em­pre­sá­ri­os e de­pu­ta­dos na Bi­e­nal da Pe­dra

A Verdade - - MARCO DE CANAVESES -

Du­ran­te a Bi­e­nal da Pe­dra 2018, que de­cor­reu en­tre os di­as 12 e 14 de ou­tu­bro, a Câ­ma­ra Mu­ni­ci­pal de Mar­co de Ca­na­ve­ses or­ga­ni­zou um al­mo­ço que jun­tou os de­pu­ta­dos da As­sem­bleia da Re­pú­bli­ca, Fer­nan­do Jesus e Renato Sam­paio, cer­ca de 20 em­pre­sá­ri­os do se­tor dos gra­ni­tos do con­ce­lho, bem co­mo re­pre­sen­tan­tes da ANIET, da Ca­sa da Ar­qui­tec­tu­ra e da Jun­ta de Fre­gue­sia de Al­pen­do­ra­da, Vár­zea e Tor­rão.

Se­gun­do di­vul­gou a au­tar­quia mar­co­en­se, o ob­je­ti­vo do en­con­tro foi pro­mo­ver a troca de idei­as e apro­vei­tar a pre­sen­ça de dois de­pu­ta­dos do par­la­men­to pa­ra re­for­çar al­gu­mas das rei­vin- di­ca­ções mais pre­men­tes dos em­pre­sá­ri­os do se­tor dos gra­ni­tos des­ta re­gião.

A pre­si­den­te da Câ­ma­ra Mu­ni­ci­pal de Mar­co de Ca­na­ve­ses, ex­pli­cou que “es­te en­con­tro que pro­mo­ve­mos à margem da Bi­e­nal da Pe­dra foi mui­to im­por­tan­te. Es­te se­tor me­re­ce es­pe­ci­al aten­ção da Câ­ma­ra Mu­ni­ci­pal, tan­to no apoio às em­pre­sas quan­to na aten­ção aos seus tra­ba­lha­do­res. É pre­ci­so ga­ran­tir con­di­ções pa­ra que as nos­sas em­pre­sas ga­nhem com­pe­ti­ti­vi­da­de no mer­ca­do in­ter­na­ci­o­nal, on­de já go­zam de gran­de pres­tí­gio, mas ain­da há margem pa­ra cres­cer e pro­ble­mas pa­ra ul­tra­pas­sar”.

Um dos te­mas abor­da­dos du­ran­te o al­mo­ço, que de­cor­reu no sá­ba­do, dia 13, foi o IC35. Os em­pre­sá­ri­os mar­co­en­ses continuam a rei­vin­di­car a in­fra­es­tru­tu­ra que apro­xi­ma­rá as em­pre­sas do Por­to de Lei­xões e do Ae­ro­por­to Sá Car­nei­ro. A es­te propósito Cris­ti­na Vieira lem­bra que “o IC35 tem 20 anos. É uma obra que tem si­do es­que­ci­da pe­los su­ces­si­vos go­ver­nos ape­sar de al­guns nú­me­ros po­lí­ti­cos a que já as­sis­ti­mos. Da nos­sa par­te, a ga­ran­tia que po­de­mos dar é que te­mos vin­do a rei­vin­di­car jun­to do Go­ver­no pa­ra que es­te te­ma se­ja uma re­a­li­da­de na agen­da, ten­do em con­ta a re­pro­gra­ma­ção dos Fun­dos Co­mu­ni­tá­ri­os 2030”.

A pre­si­den­te da au­tar­quia e os em­pre­sá­ri­os apon­ta­ram co­mo outra das pre­o­cu­pa­ções a fal­ta de um lo­cal pró­xi­mo do bai­xo con­ce­lho pa­ra o de­pó­si­to de la­mas e iner­tes, ao qual Cris­ti­na Vieira garante que “a câ­ma­ra já es­tá a tra­ba­lhar com o Mi­nis­té­rio da Eco­no­mia nu­ma so­lu­ção pa­ra o de­pó­si­to de la­mas e iner­tes, que é ou­tros dos pro­ble­mas ca­rac­te­rís­ti­cos des­ta re­gião”.

So­bre os tra­ba­lha­do­res das pe­drei­ras, a câ­ma­ra mu­ni­ci­pal, que já é par­cei­ra do pro­je­to “Me­nos Tu­ber­cu­lo­se”, quer “continuar a tra­ba­lhar pa­ra re­du­zir os ris­cos da pro­fis­são de pe­drei­ro”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.