Im­pug­na­ção da elei­ção do CDS-PP im­pe­de mem­bros de to­ma­rem pos­se

A Verdade - - MARCO DE CANAVESES -

No de­cor­rer do ato elei­to­ral que acon­te­ceu no dia 10 de no­vem­bro, qua­tro mi­li­tan­tes do CDS-PP im­pug­na­ram os mes­mas elei­ções. Em­bo­ra o ato elei­to­ral te­nha pros­se­gui­do nes­se dia, o cer­to é que qua­tro ele­men­tos do par­ti­do re­cor­re­ram ao Con­se­lho Dis­tri­tal da Ju­ris­di­ção do Por­to.

Na sequên­cia des­te ato, os ór­gãos elei­tos, no­me­a­da­men­te Car­los Pi­nhei­ro, que ti­nha saí­do pre­si­den­te da ses­são de dia 10 de no­vem­bro, fi­ca­ram im­pe­di­dos de to­ma­rem pos­se pe­lo Con­se­lho Dis­tri­tal da Ju­ris­di­ção. A en­ti­da­de de­ci­diu por una­ni­mi­da­de a não to­ma­da de pos­se dos no­vos mem­bros e, as­sim, os mes­mos vão ter de aguar­dar pe­la de­ci­são do re­cur­so.

Re­cor­de-se que a es­te su­frá­gio ape­nas se can­di­da­tou uma lis­ta, a A, en­ca­be­ça­da por Car­los Pi­nhei­ro.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.