Aca­de­mia de Pa­ti­na­gem apre­sen­tou ‘Co­co em pa­tins’ pa­ra cen­te­nas de es­pe­ta­do­res

A Verdade - - ESPECIAL NATAL -

AA­ca­de­mia de Pa­ti­na­gem do Mar­co apre­sen­tou, nos di­as 14 e 15 de de­zem­bro, o seu es­pe­tá­cu­lo de Na­tal. Cer­ca de 120 atle­tas re­pre­sen­ta­ram o fil­me “Co­co”, em três es­pe­tá­cu­los que con­ta­ram com ca­sa cheia.

O pri­mei­ro acon­te­ceu na ma­nhã do dia 14 de de­zem­bro, on­de cen­te­nas de cri­an­ças dos jar­dins de in­fân­cia e do pri­mei­ro ci­clo do en­si­no bá­si­co de vá­ri­as es­co­las do con­ce­lho as­sis­ti­ram e vi­bra­ram ao som das mú­si­cas com um to­que me­xi­ca­no. Da par­te da tar­de, o es­pe­tá­cu­lo foi di­ri­gi­do a uten­tes das IPSS’S do con­ce­lho.

No dia 15 de de­zem­bro, sábado, o es­pe­tá­cu­lo foi di­ri­gi­do ao pú­bli­co em ge­ral, ten­do es­go­ta­do uma se­ma­na an­tes. Jo­sé Maia, pre­si­den­te da Aca­de­mia de Pa­ti­na­gem do Mar­co, afir­mou que foi um re­cor­de. “Ape­sar de es­go­tar sem­pre, es­te ano foi o mais ce­do que con­se­gui­mos, já va­mos pa­ra o sex­to ano consecutivo”, re­fe­riu.

A pre­pa­ra­ção deste es­pe­tá­cu­lo, se­gun­do o di­ri­gen­te, “não é fá­cil”, res­sal­van­do o im­por­tan­te pa­pel da equi­pa de backs­ta­ge. “É tu­do um tra­ba­lho de equi­pa que pas­sa mui­to pe­las trei­na­do­ras e tam­bém pe­los pais que nos aju­dam mui­to. São eles os tais ros­tos in­vi­sí­veis, mas que era im­pos­sí­vel fa­zer is­to sem a aju­da de­les”, su­bli­nhou.

“Es­ta­mos to­dos aqui de pei­to aber­to, de boa von­ta­de, ne­nhum dos que aqui an­da é pro­fis­si­o­nal nis­to”, re­cor­dou Jo­sé Maia.

Uma das res­pon­sá­veis pe­la pre­pa­ra­ção do es­pe­tá­cu­lo foi Jo­a­na So­a­res, uma das trei­na­do­ras da aca­de­mia, que di­vul­gou que o te­ma foi pen­sa­do nas fé­ri­as de ve­rão, ar­ran­can­do os tra­ba­lhos no mês de ou­tu­bro, de­pois de uma reu­nião com to­dos os pais. Ma­qui­lha­gem, rou­pas, es­que­mas, to­dos co­me­ça­ram a tra­ba­lhar pa­ra que, quan­do a da­ta do es­pe­tá­cu­lo che­gas­se, na­da fal­tas­se.

“Te­mos 120 atle­tas e a his­tó­ria tem que ser di­vi­di­da por par­tes e por es­ca­lões, des­de ini­ci­a­ção, à pré-com­pe­ti­ção até à com­pe­ti­ção, que são eles que têm as per­so­na­gens prin­ci­pais do fil­me”, ex­pli­cou a trei­na­do­ra, re­cor­dan­do que a pre­pa­ra­ção “é um bo­ca­do di­fí­cil, mas não é im­pos­sí­vel”.

De acor­do com Jo­a­na So­a­res, o te­ma foi es­co­lhi­do no se­gui­men­to do quar­te­to de show e pre­ci­são que es­te ano se tor­nou vi­ce-cam­peão na­ci­o­nal, com o te­ma “Dia de Los Mu­er­tos”. “An­da­mos a ver fil­mes e mú­si­cas e vis­to que o Co­co ga­nhou vá­ri­os pré­mi­os, acha­mos que se­ria um bom te­ma pa­ra re­pre­sen­tar”, cons­ta­tou.

Tam­bém pre­sen­te es­te­ve a pre­si­den­te da Câ­ma­ra Mu­ni­ci­pal de Mar­co de Ca­na­ve­ses, Cris­ti­na Vi­ei­ra, que enal­te­ceu a im­por­tân­cia des­ta ini­ci­a­ti­va pa­ra en­cer­rar o pri­mei­ro pe­río­do de es­co­la dos alu­nos do con­ce­lho. “É um ce­ná­rio mag­ni­fi­co, en­can­ta­dor, com ma­gia, luz e cor pa­ra as nos­sas cri­an­ças e por is­so es­ta é a melhor for­ma de ter­mi­nar­mos o pri­mei­ro pe­río­do le­ti­vo”, re­al­çou.

A Aca­de­mia de Pa­ti­na­gem do Mar­co apre­sen­ta um es­pe­tá­cu­lo de Na­tal que en­che as ban­ca­das do Pa­vi­lhão Ber­nar­di­no Coutinho de miú­dos e graú­dos que vi­vem a ma­gia des­ta épo­ca na­ta­lí­cia.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.