CPC Jo­vem: Ou­tra vi­são da Ca­ni­cul­tu­ra

Ou­tra vi­são da Ca­ni­cul­tu­ra

Caes & Companhia - - Nesta Edição -

O CPC Jo­vem é uma apos­ta do Clu­be Por­tu­guês de Ca­ni­cul­tu­ra no de­sen­vol­vi­men­to de uma men­ta­li­da­de mais ami­ga dos ani­mais, de for­ma a aju­dar a cons­ci­en­ci­a­li­zar as ge­ra­ções fu­tu­ras so­bre o bem-es­tar ca­ni­no e ani­mal.

Des­de 2015 que o Clu­be Por­tu­guês de Ca­ni­cul­tu­ra (CPC) tem uma ver­ten­te des­ti­na­da aos jo­vens. O CPC Jo­vem tem si­do res­pon­sá­vel pe­la or­ga­ni­za­ção de di­ver­sas ati­vi­da­des di­dá­ti­cas e pe­lo de­sen­vol­vi­men­to de for­ma­ções pe­da­gó­gi­cas em vá­ri­as áre­as e mo­da­li­da­des da Ca­ni­cul­tu­ra em Por­tu­gal. A equi­pa do CPC Jo­vem é co­or­de­na­da por du­as jo­vens afi­ci­o­na­das pe­la Ca­ni­cul­tu­ra: Ca­ta­ri­na Mo­li­na­ri e Ma­ria San­tos. Am­bas in­ter­pre­tam a de­fi­ni­ção da pa­la­vra Ca­ni­cul­tu­ra tam­bém co­mo “Cul­tu­ra so­bre os Cães”.

Ati­vi­da­des do CPC Jo­vem

•Cons­ci­en­ci­a­li­za­ção so­bre o bem-es­tar ca­ni­no;

•For­ma­ção Pe­da­gó­gi­ca;

•Par­ti­ci­pa­ções em Even­tos,

•Di­vul­ga­ção de in­for­ma­ção;

•Cam­pos de Fé­ri­as;

•Pas­sa­tem­pos;

•Con­cur­sos;

•Ex­po­si­ções pe­da­gó­gi­cas;

•Par­ce­ri­as.

Ati­vi­da­des e For­ma­ção

As ati­vi­da­des do CPC Jo­vem des­ti­nam-se aos jo­vens des­de as ida­des mais ju­ve­nis até ida­des mais adul­tas. O CPC Jo­vem man­tém co­mo ob­je­ti­vo prin­ci­pal a or­ga­ni­za­ção de di­ver­sas opor­tu­ni­da­des de for­ma­ção no âm­bi­to da Ca­ni­cul­tu­ra em Por­tu­gal, atra­vés da re­a­li­za­ção de cur­sos, workshops, se­mi­ná­ri­os, e di­ver­sos even­tos de ca­riz di­dá­ti­co e so­li­dá­rio em to­do o ter­ri­tó­rio na­ci­o­nal.

A mai­or parte das ati­vi­da­des do CPC Jo­vem são de en­tra­da gra­tui­ta. Em ca­sos ex­ce­ci­o­nais onde po­de ha­ver ge­ra­ção de re­cei­ta, exis­te tam­bém a cons­tan­te cons­ci­ên­cia por parte da or­ga­ni­za­ção, em re­ver­ter me­ta­de do va­lor da tro­ca para aju­dar As­so­ci­a­ções sem fins lu­cra­ti­vos des­ti­na­das ao apoio de ca­ní­de­os e de ani­mais ne­gli­gen­ci­a­dos.

Re­a­li­za­ção de even­tos

Uma das in­ten­ções prin­ci­pais des­te pro­je­to ba­seia-se em con­se­guir abra­çar vá­ri­as mo­da­li­da­des ci­no­ló­gi­cas de for­ma con­tí­nua, atra­vés da re­a­li­za­ção de even­tos in­for­ma­ti­vos e de ati­vi­da­des lú­di­cas, in­te­gra­das num le­que di­ver­si­fi­ca­do de áre­as da Ca­ni­cul­tu­ra que são pre­sen­te­men­te de­sen­vol­vi­das em Por­tu­gal. Pro­põe-se a re­a­li­za­ção de even­tos com uma abor­da­gem prá­ti­ca e teó­ri­ca, que pro­por­ci­o­ne opor­tu­ni­da­des para o de­sen­vol­vi­men­to do co­nhe­ci­men­to, va­lo­res de apoio mú­tuo en­tre os par­ti­ci­pan­tes, e a im­por­tân­cia de es­ta­be­le­cer in­te­ra­ções sau­dá­veis e co­e­ren­tes en­tre os jo­vens e os cães.

O CPC Jo­vem es­ta­be­le­ce, por nor­ma,

par­ce­ri­as com en­ti­da­des de re­fe­rên­cia que são re­co­nhe­ci­das em vá­ri­as mo­da­li­da­des Ci­no­ló­gi­cas, de ma­nei­ra a pro­por­ci­o­nar um elo de li­ga­ção en­tre am­bas as par­tes, e cu­jo ob­je­ti­vo prin­ci­pal que se ba­seia na or­ga­ni­za­ção de ati­vi­da­des lú­di­cas e pe­da­gó­gi­cas en­glo­ba­das nas vá­ri­as áre­as da Ca­ni­cul­tu­ra.

Dar a co­nhe­cer as ra­ças

O CPC Jo­vem tem di­vul­ga­do de for­ma re­gu­lar, in­for­ma­ção di­ver­si­fi­ca­da so­bre ca­da uma das ra­ças de cães por­tu­gue­sas, que cons­ti­tu­em parte do pa­tri­mó­nio na­ci­o­nal, e in­for­ma­ção so­bre os 10 Gru­pos Ca­ni­nos re­co­nhe­ci­dos pe­la Fe­de­ra­ção Ci­no­ló­gi­ca In­ter­na­ci­o­nal (FCI). As ações de for­ma­ção do CPC Jo­vem re­a­li­zam-se com o apoio de apre­sen­ta­ções di­dá­ti­cas, pai­néis in­for­ma­ti­vos, con­teú­dos pan­fle­tá­ri­os, jo­gos, ex­po­si­ções, pas­sa­tem­pos e de­mons­tra­ções prá­ti­cas. O CPC Jo­vem pre­ten­de dar pros­se­gui­men­to à or­ga­ni­za­ção de ini­ci­a­ti­vas in­for­ma­ti­vas so­bre as ra­ças ca­ni­nas por­tu­gue­sas e so­bre o seu con­tri­bu­to para o bem-es­tar so­ci­al; os 10 Gru­pos Ca­ni­nos da FCI e as su­as fun­ci­o­na­li­da­des, en­tre ou­tros tó­pi­cos que es­te­jam re­la­ci­o­na­dos com os ti­pos ca­ni­nos e com as su­as res­pe­ti­vas fun­ções his­tó­ri­cas e con­tem­po­râ­ne­as.

O stand do CPC Jo­vem

O stand do CPC Jo­vem é um es­pa­ço onde os jo­vens se reú­nem para par­ti­ci­par em ati­vi­da­des ca­ni­nas ou para tro­cas de im­pres­sões e de afi­ni­da­des.

Os cães são, evi­den­te­men­te, o te­ma prin­ci­pal de to­das as ações pro­pos­tas e no stand en­con­tram-se em des­ta­que di­ver­sos con­teú­dos in­for­ma­ti­vos so­bre Ca­ni­cul­tu­ra. A in­for­ma­ção ex­pos­ta tam­bém é dis­po­ni­bi­li­za­da em for­ma­to im­pres­so, para to­dos os par­ti­ci­pan­tes e vi­si­tan­tes, de for­ma a pos­si­bi­li­tar uma con­sul­ta mais abran­gen­te e qua­li­ta­ti­va.

As apre­sen­ta­ções nas es­co­las de­cor­rem na pre­sen­ça de cães, de for­ma a au­men­tar a di­nâ­mi­ca das in­ter­ven­ções

Ações em es­co­las

O CPC Jo­vem tem re­a­li­za­do vi­si­tas di­dá­ti­cas a es­ta­be­le­ci­men­tos de en­si­no bá­si­co e se­cun­dá­rio em to­do o ter­ri­tó­rio na­ci­o­nal, onde são con­cre­ti­za­das apre­sen­ta­ções so­bre te­mas di­re­ta­men­te re­la­ci­o­na­dos com o bem-es­tar ca­ni­no; as Ra­ças Por­tu­gue­sas; as fun­ci­o­na­li­da­des ca­ni­nas; in­for­ma­ção so­bre o CPC, e o for­ne­ci­men­to de con­teú­dos edu­ca­ti­vos so­bre a im­por­tân­cia dos Cães para a So­ci­e­da­de.

As apre­sen­ta­ções de­cor­rem na pre­sen­ça de cães, de for­ma a au­men­tar a di­nâ­mi­ca das in­ter­ven­ções, e tam­bém para con­se­guir pro­por­ci­o­nar opor­tu­ni­da­des de in­te­ra­ção en­tre os alu­nos e os cães. O ob­je­ti­vo prin­ci­pal é edu­car e sen­si­bi­li­zar as cri­an­ças e jo­vens para te­mas re­la­ci­o­na­dos com a saú­de, bem-es­tar, com­por­ta­men­to ani­mal, recomendações de in­te­ra­ção e o pa­pel dos ani­mais de es­ti­ma­ção na so­ci­e­da­de.

O CPC Jo­vem dis­po­ni­bi­li­za a ma­té­ria re­fe­ren­te aos tó­pi­cos apre­sen­ta­dos aos alu­nos du­ran­te as par­ti­ci­pa­ções em lo­cais de en­si­no, cu­jos con­teú­dos se en­con­tram equi­ta­ti­va­men­te pre­pa­ra­dos para se­rem con­ce­di­dos aos Pro­fes­so­res, no ca­so de ser do in­te­res­se por parte da Es­co­la a re­a­li­za­ção de tra­ba­lhos cor­res­pon­den­tes aos te­mas que se­rão apre-

sen­ta­dos du­ran­te a vi­si­ta ao lo­cal de en­si­no. No que diz res­pei­to ao es­pa­ço ne­ces­sá­rio para a re­a­li­za­ção das apre­sen­ta­ções, es­te tem ten­dên­cia a variar con­so­an­te o nú­me­ro de alu­nos e as ins­ta­la­ções dis­po­ní­veis por parte do lo­cal de en­si­no. O ide­al tra­ta-se de um au­di­tó­rio ou es­pa­ço equi­va­len­te, de for­ma a reu­nir to­dos os alu­nos en­qua­dra­dos nes­ta ati­vi­da­de. Prin­ci­pal­men­te quan­do se tra­ta de um nú­me­ro de alu­nos su­pe­ri­or a 50 par­ti­ci­pan­tes.

No ca­so do pú­bli­co-al­vo se tra­tar de uma tur­ma com um nú­me­ro de alu­nos equi­va­len­te ao nú­me­ro ha­bi­tu­al por sa­la de au­la, as apre­sen­ta­ções tam­bém po­dem ser re­a­li­za­das na pró­pria sa­la de au­las. A ideia no fu­tu­ro se­rá apos­tar nes­te pro­je­to com a pre­sen­ça de ani­mais es­pe­ci­ais, co­mo é o ca­so dos cães-po­lí­cia, cães-guia ou cães de te­ra­pia as­sis­ti­da, de for­ma a de­mons­trar al­gu­mas das inú­me­ras fun­ci­o­na­li­da­des ca­ni­nas.

Con­cur­so de Ilus­tra­ção Ca­ni­na

Para par­ti­ci­par no Con­cur­so de Ilus­tra­ção Ca­ni­na “ILUS­TRA-CÃO 2018” os con­cor­ren­tes de­vem en­vi­ar as su­as Ilus­tra­ções e Story­bo­ards Ca­ni­nos até dia 5 de no­vem­bro.

Os três es­ca­lões de ida­des en­con­tram­se di­vi­di­dos en­tre os 10 e os 28 anos. O Jú­ri que irá se­le­ci­o­nar os ven­ce­do­res dos três es­ca­lões de ida­des in­te­gra a Di­re­ção do CPC, a equi­pa de de­sig­ners do CPC e o CPC Jo­vem.

Ca­da um dos três pri­mei­ros par­ti­ci­pan­tes em ca­da es­ca­lão de ida­des se­rá pre­mi­a­do de acor­do com a sua qua­li­fi­ca­ção. As ilus­tra­ções dos ven­ce­do­res do pri­mei­ro pré­mio em ca­da es­ca­lão de ida­des se­rão im­pres­sas, emol­du­ra­das pe­la or­ga­ni­za­ção e exi­bi­das jun­ta­men­te com o no­me do ar­tis­ta e o tí­tu­lo do tra­ba­lho nas ins­ta­la­ções do Clu­be Por­tu­guês de Ca­ni­cul­tu­ra.

Para mais informações, po­de con­sul­tar o regulamento com­ple­to do Con­cur­so no web­si­te do Clu­be Por­tu­guês de Ca­ni­cul­tu­ra ou na pá­gi­na de Fa­ce­bo­ok do CPC Jo­vem. ■

O ob­je­ti­vo é edu­car e sen­si­bi­li­zar para te­mas co­mo a saú­de, bem-es­tar, com­por­ta­men­to e o pa­pel dos ani­mais de es­ti­ma­ção na so­ci­e­da­de

Con­tac­tos do CPC Jo­vem cpc­jo­vem@cpc.pt www.fa­ce­bo­ok.com/cpc.jo­vem www.cpc.pt

Uma das ações re­a­li­za­das em es­co­las.

Cão­mi­nha­da CPC Jo­vem na Ser­ra de Sin­tra em co­la­bo­ra­ção com o Gru­po de Mon­ta­nha e de Dog Trek­king (GMDT).

Stand do CPC Jo­vem na 5ª edi­ção da Fei­ra Ani­mal no Jar­dim Mu­ni­ci­pal de Oei­ras.

Cur­so Bá­si­co para Jo­vens Cri­a­do­res.

Apre­sen­ta­ção pe­da­gó­gi­ca no Co­lé­gio Ma­ris­ta de Car­ca­ve­los re­a­li­za­da para cer­ca de 90 alu­nos do 4º Ano de Es­co­la­ri­da­de.

Ação na Es­co­la EB 2,3 D. Ma­nu­el I, em Al­co­che­te, no âm­bi­to de uma re­co­lha de fun­dos e de ali­men­tos para o Ca­nil Mu­ni­ci­pal.

Par­ti­ci­pa­ção no pro­je­to “Fé­ri­as em Gran­de”, pro­mo­vi­do pe­la Câ­ma­ra Mu­ni­ci­pal de Val­pa­ços, que in­cluiu apre­sen­ta­ções di­dá­ti­cas, de­mons­tra­ções de Obe­di­ên­cia e Trei­no, e um Peddy Pa­per Ca­ni­no.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.