Os do­nos cor­rup­tos

Correio da Manhã Weekend - - Economia -

Ar­man­do Es­te­ves Pe­rei­ra

Tal­vez a prin­ci­pal cau­sa da des­gra­ça por­tu­gue­sa se­ja a fra­ca qua­li­da­de das eli­tes. Qu­em tem o po­der po­lí­ti­co e eco­nó­mi­co ra­ra­men­te se pre­o­cu­pa com a co­mu­ni­da­de ou com o fu­tu­ro do País. E co­mo mos­tram os gran­des pro­ces­sos ju­di­ci­ais con­tem­po­râ­ne­os, do Mon­te Bran­co ao Marquês, pas­san­do pe­las ren­das elé­tri­cas e des­ca­la­bro do Gru­po Es­pí­ri­to San­to, a eli­te que man­dou nes­te País nas úl­ti­mas dé­ca­das é par­ti­cu­lar­men­te cor­rup­ta. Não é por aca­so que to­dos es­tes pro­ces­sos têm pon­tos em co­mum, por­que um pe­que­no gru­po man­da­va mes­mo nis­to tu­do. Os gran­des ne­gó­ci­os, as ren­das, o

PA­RE­CE QUE ES­TE PAÍS FOI CAP­TU­RA­DO POR UM GANG DE

AL CAPONES

des­ti­no das gran­des em­pre­sas, mes­mo pri­va­das era de­fi­ni­do por um res­tri­to gang. Qu­em ana­li­sa to­dos es­tes pro­ces­sos po­de pen­sar que até ao ano do res­ga­te da troi­ka, es­te país foi cap­tu­ra­do por um ban­do li­de­ra­do por gen­te do ca­li­bre de Al Ca­po­ne, que até foi pre­so por es­ca­par aos im­pos­tos. A mai­or par­te dos pro­ta­go­nis­tas des­tes gol­pes en­fren­ta pro­ces­sos ju­di­ci­ais, mas o País con­ti­nu­a­rá por mui­tos anos a pa­gar a pe­sa­da fa­tu­ra que dei­xa­ram.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.