Lisboa já dis­tin­guiu 142 Lo­jas com História

NO­VO r Mais 18 ar­re­ca­da­ram o ga­lar­dão que pro­te­ge es­ta­be­le­ci­men­tos da li­be­ra­li­za­ção das rendas GÉ­NE­RO r Livraria Ber­trand do Chiado e Bar Xa­fa­rix, em Santos, es­tão en­tre os no­vos pre­mi­a­dos

Correio da Manhã Weekend - - Cidades - BER­NAR­DO ES­TE­VES* COM LUSA

Lisboa já tem 142 Lo­jas com História, mais 18 do que no fi­nal do ano pas­sa­do. En­tre os no­vos pre­mi­a­dos con­tam-se as li­vra­ri­as Trindade e a Ber­trand no Chiado, que re­cla­ma o tí­tu­lo de livraria mais an­ti­ga do Mundo re­co­nhe­ci­da pelo ‘Li­vro Guin­ness dos Re­cor­des’.

Foi tam­bém dis­tin­gui­do o Bar Xa­fa­rix, em Santos. Mas o gru­po mais re­pre­sen­ta­do nas no­vas dis­tin­ções são as re­tro­sa­ri­as, com qua­tro lo­jas. As res­tan­tes

ALGUMAS LO­JAS ES­PE­RAM PO­DER AS­SIM RE­SIS­TIR A PRO­CES­SOS DE DES­PE­JO

são dois an­tiquá­ri­os, du­as bar­be­a­ri­as, du­as lo­jas de ves­tuá­rio, dois res­tau­ran­tes, uma lo­ja de dis­cos, uma lo­ja de fer­ra­gens e um en­ca­der­na­dor.

Ins­ti­tuí­do em 2016, o ga­lar­dão atri­buí­do pe­la Câ­ma­ra de Lisboa pro­te­ge os ne­gó­ci­os his­tó­ri­cos da li­be­ra­li­za­ção das rendas, ficando tam­bém isentos de pa­ga­men­to de IMI.

A Livraria Trindade e o Centro An­tiquá­rio do Ale­crim, am­bos na rua do Ale­crim, es­pe­ram que o no­vo es­ta­tu­to lhes per­mi­ta re­sis­tir ao des­pe­jo e man­ter a con­cen­tra­ção de al­far­ra­bis­tas na zo­na.

“Des­de a ‘lei Cris­tas’, is­to foi um ar­ra­so de lo­jas tra­di­ci­o­nais. Vamos ver se a dis­tin­ção de Lo­ja com História vai con­se- guir tra­var es­te processo”, dis­se António Trindade, da Livraria Trindade, nu­ma alu­são à lei que li­be­ra­li­zou as rendas, da res­pon­sa­bi­li­da­de da en­tão ministra As­sun­ção Cris­tas, atu­al lí­der do CDS-PP. Pa­ra o músico Luís Represas, do­no do Xa­fa­rix, a dis­tin­ção é um re­co- nhe­ci­men­to pe­los 32 anos de história do bar: “O Xa­fa­rix as­sis­tiu a muitas mu­dan­ças na ci­da­de, mu­dan­ça de há­bi­tos, de pú­bli­co.” Já Mário Moreira, da Sin­fo­nia, lo­ja de dis­cos na Ave­ni­da de Ro­ma, es­pe­ra que com a dis­tin­ção pos­sa “me­lho­rar as con­di­ções da lo­ja”.

A Livraria Trindade, na rua do Ale­crim, é uma das no­vas Lo­jas com História da ci­da­de de Lisboa

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.