No­ve ho­ras nas Ur­gên­ci­as

Correio da Manhã Weekend - - Cidades - V.

Um ho­mem de 72 anos es­te­ve no­ve ho­ras nas Ur­gên­ci­as do hospital de Bar­ce­los e foi man­da­do em­bo­ra com in­di­ca­ção de se apre­sen­tar no dia se­guin­te no centro de saúde da área de re­si­dên­cia. O ido­so, que so­fre de Alzhei­mer, foi aco­me­ti­do de uma dor que o im­pe­dia de an­dar e re­ce­beu pul­sei­ra ver­de na tri­a­gem do hospital. “O meu cu­nha­do é uma pes­soa mui­to do­en­te e foi tra­ta­do como um ani­mal. Fi­cou es­que­ci­do nas Ur­gên­ci­as das 13h30 às 22h00”, afir­ma Ade­li­na Sil­va. Ao Correio da Ma­nhã, a ad­mi­nis­tra­ção do hospital de Bar­ce­los ga­ran­tiu que ne­nhum do­en­te é man­da­do pa­ra ca­sa sem con­sul­ta, “a não ser que o fa­ça vo­lun­ta­ri­a­men­te”.

Jo­sé Gonçalves e Ade­li­na Sil­va

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.