SE­NHOR COM­PE­TÊN­CIA ES­TÁ DE VOL­TA

AVAN­ÇO Oi­ta­va ge­ra­ção do con­sa­gra­do veí­cu­lo ale­mão deu sal­to sig­ni­fi­ca­ti­vo fa­ce ao mo­de­lo an­te­ri­or MODERNIDAD­E No­vo Golf mu­dou mais do que é cos­tu­me e ren­deu-se à di­gi­ta­li­za­ção MU­DAN­ÇA Per­fil ex­te­ri­or pou­co mu­da mas no in­te­ri­or hou­ve uma re­vo­lu­ção

Correio da Manhã Weekend - - Sport - MIGUEL DI­AS

Ar­r­pre­sen­ta­do em 1974 co­mo o su­ces­sor do mí­ti­co Be­e­tle, o Volkswa­gen Golf foi um su­ces­so ime­di­a­to e so­ma já 46 anos de his­tó­ria. Ago­ra, na oi­ta­va ge­ra­ção, es­tá me­lhor do que nun­ca, ape­sar de con­ti­nu­ar a res­pei­tar as tra­di­ções do no­me que car­re­ga.

Nes­ta ge­ra­ção, o Golf mu­dou mais do que é cos­tu­me e ren­deu-se à di­gi­ta­li­za­ção, se­guin­do a apos­ta que a fa­bri­can­te de Wolfs­bur­go tam­bém já ti­nha to­ma­do com o ID.3, o seu pri­mei­ro elé­tri­co de pro­du­ção.

Se por fo­ra o per­fil con­ti­nua a ser in­con­fun­dí­vel, com o ri­gor e a pre­ci­são tí­pi­ca da VW, por

rden­tro hou­ve uma au­tên­ti­ca re­vo­lu­ção. De­sa­pa­re­ce­ram to­dos os bo­tões e in­ter­rup­to­res des­ne­ces­sá­ri­os, com os co­man­dos das vá­ri­as fun­ci­o­na­li­da­des a fi­ca­rem ago­ra cen­tra­dos no ecrã mul­ti­mé­dia, que faz equi­pa com um pai­nel de ins­tru­men­tos to­tal­men­te di­gi­tal.

A ver­são tes­ta­da é ani­ma­da por um mo­tor Di­e­sel de

2.0 li­tros com 116 cv que subs­ti­tui o an­ti­go 1.6 TDI da VW.

Es­ta ver­são é bas­tan­te mais ener­gé­ti­ca e ca­sa na per­fei­ção com es­te Golf, que se re­ve­la um es­tra­dis­ta pu­ro.

A ve­lo­ci­da­des mo­de­ra­das é pos­sí­vel fa­zer con­su­mos mé­di­os de 4,2 l/100 km e em au­to-es­tra­da, a cum­prir li­mi­tes, é di­fí­cil ul­tra­pas­sar 5l/100 km. São re­gis­tos mui­to sim­pá­ti­cos e que, ali­a­dos ao con­for­to e à es­ta­bi­li­da­de des­te mo­de­lo, fa­zem de­le uma apos­ta mui­to se­gu­ra pa­ra quem faz vá­ri­os qui­ló­me­tros anu­ais.n

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.