Correio da Manhã Weekend

Vamos ao Teatro enquanto se espera por uma decisão do Constituci­onal

-

Oprocesso EDP já subiu quatro vezes ao Tribunal Constituci­onal. Sendo este tribunal superior um recurso de ultima instância, é estranho que um processo que está ainda na fase de instrução já tenha sido objeto de apreciação pelos juízes Conselheir­os quatro vezes. Neste momento existem dois recursos pendentes naquele tribunal. Um deles diz respeito à utilização dos emails de António Mexia e Manso Neto apreendido­s no processo BES e no processo Marquês e utilizados no caso EDP.

Ivo Rosa, o juiz de instrução deste processo, invalidou a sua utilização com o argumento que esta prova tinha sido recolhida no âmbito de outros processos que não o da EDP. O Ministério Público recorreu e, num acórdão de 29 de maio de 2020, o Conselheir­o Fernando Ventura diz que claramente aqueles emails podem ser utilizados.

Mais recentemen­te, os procurador­es requereram a junção de novos emails recolhidos naqueles processos. Resultado? Um novo recurso para o Constituci­onal.

Enquanto a Justiça se arrasta nesta dança de recursos, António Mexia, ex-presidente da EDP e arguido neste processo, continua a cultivar o gosto pela cultura. No passado mês esteve, acompanhad­o de Guta Moura Guedes, na estreia da peça ‘Monólogos do pénis’, que ocorreu no Casino do Estoril, tendo como protagonis­tas os atores Ricardo Carriço e Ricardo Castro.n

ANTÓNIO MEXIA E GUTA

MOURA GUEDES FORAM ASSISTIR À PEÇA ‘MONÓLOGOS DO PÉNIS’

 ?? ??
 ?? ??
 ?? ??
 ?? ??

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal