EM­PA­TE DE CAM­PEÕES

LLO­RIS DE­CI­SI­VO NOS DES­CON­TOS COM GRAN­DE DE­FE­SA A RE­MA­TE DE CRIS­TI­A­NO RO­NAL­DO

Correio da Manha - - Primeira Página - SÉR­GIO PEREIRA CAR­DO­SO JOR­NA­LIS­TA

Mais de qua­tro anos de­pois, Por­tu­gal vol­tou ao pal­co on­de foi fe­liz co­mo nun­ca. E saiu com ra­zões pa­ra sor­rir. Tal co­mo em 2016, re­gis­tou-se o nu­lo ao fim dos 90 mi­nu­tos. Sem di­rei­to a pro­lon­ga­men­to ou à pre­sen­ça de Éder, ia sen­do Ro­nal­do a ga­ran­tir, nos des­con­tos, a vi­tó­ria em Pa­ris. Te­re­mos sem­pre Lisboa, pa­ra re­sol­ver na se­gun­da vol­ta.

Fer­nan­do San­tos pe­diu pa­ra a equi­pa não te­mer o ad­ver­sá­rio, cam­peão mun­di­al, e a res­pos­ta foi ca­te­gó­ri­ca. Os ho­mens das qui­nas pe­ga­ram na bo­la e fi­ze­ram pei­to aos ga­los, com Da­ni­lo e Wil­li­am a con­tro­lar a ca­sa das má­qui­nas pa­ra o car­ros­sel dos qua­tro da fren­te fun­ci­o­nar. Só fal­ta­ram as opor­tu­ni­da­des, mas Ro­nal­do ia mar­can­do, não fos­se o cor­te de mes­tre de Her­nán­dez (24’) ou o des­vio in­fe­liz de João Fé­lix (26’) num li­vre cru­za­do.

A Fran­ça acor­dou após o in­ter­va­lo, re­cu­ou Gri­ez­mann e con­fun­diu as con­tas lu­sas. E, mais uma vez co­mo em 2016, er­gue­ram-se Pa­trí­cio, a di­zer que não a Mbap­pé (47’), e o se­gu­ro vitalício cha­ma­do Pe­pe, co­ad­ju­va­do por Rúben Di­as, a se­gu­ra­rem o pe­río­do de mai­or in­ves­ti­da ofen­si­va dos ‘bleus’.

San­tos viu que o ce­ná­rio pi­o­ra­va e ati­rou a ener­gia de Di­o­go Jo­ta pa­ra o en­con­tro, o que, cu­ri­o­sa­men­te, pro­vo­cou a su­bi­da de ren­di­men­to de Fé­lix e per­mi­tiu a Por­tu­gal re­e­qui­li­brar o do­mí­nio de jogo. Aliás, Pe­pe foi o úni­co a co­lo­car a bo­la den­tro da ba­li­za, mas o lan­ce se­ria anu­la­do por fo­ra de jogo. Per­to do fi­nal, Re­na­to San­ches ame­a­çou e foi Ro­nal­do a es­tar mes­mo per­to do go­lo. Va­leu Llo­ris a se­gu­rar o em­pa­te en­tre os cam­peões da Eu­ro­pa e do Mun­do.

ES­TRA­TÉ­GIA DE SAN­TOS ANU­LOU FREN­TE GAU­LE­SA. PE­PE É SE­GU­RO VITALÍCIO

CR7 NÃO MAR­COU, MAS FOI IN­CAN­SÁ­VEL ATÉ A AJU­DAR PE­LO AR NA DE­FEN­SI­VA

PON­TO JUN­TO AO RIO SE­NA PO­DE SER PRE­CI­O­SO NAS CON­TAS FI­NAIS DO GRU­PO

Cris­ti­a­no Ro­nal­do re­ma­ta de pé es­quer­do, mas Lu­cas Her­nán­dez faz um cor­te fan­tás­ti­co

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.