Ha­bi­ta­ção pú­bli­ca pre­ci­sa de obras

BE de­fen­de re­a­bi­li­ta­ção pa­ra a efi­ci­ên­cia ener­gé­ti­ca co­mo “ab­so­lu­ta­men­te es­sen­ci­al” e pe­de me­di­das já

Destak - - ATUALIDADE - RE­DA­ÇÃO re­da­[email protected]­tak.pt

Pa­ra que “nin­guém mor­ra de frio nas su­as ca­sas”, as au­tar­qui­as de­vem in­ves­tir ain­da es­te ano na re­a­bi­li­ta­ção ener­gé­ti­ca das ha­bi­ta­ções pú­bli­cas. A co­or­de­na­do­ra do BE re­cor­da que no Or­ça­men­to de Es­ta­do em vi­gor foi eli­mi­na­do o te­to pa­ra o en­di­vi­da­men­to mu­ni­ci­pal nes­ta área

“As au­tar­qui­as e o Es­ta­do têm, nes­te mo­men­to, a ca­pa­ci­da­de pa­ra au­men­tar o in­ves­ti­men­to na ha­bi­ta­ção pú­bli­ca. De­vem fa­zê-lo cons­truin­do mais ca­sas, por­que são ne­ces­sá­ri­as, mas tam­bém re­a­bi­li­tan­do as que exis­tem ten­do em con­ta a efi­ci­ên­cia ener­gé­ti­ca”. Uma “pri­o­ri­da­de” que po­de avan­çar ain­da es­ta le­gis­la­tu­ra, até por­que es­tá em dis­cus­são a Lei de Ba­ses de Ha­bi­ta­ção.

Des­pe­jos “ilegais” no Por­to

A co­or­de­na­do­ra do BE afir­mou ho­je que “as pes­so­as es­tão a ser des­pe­ja­das ile­gal­men­te” dos bair­ros mu­ni­ci­pais do Por­to, de­vi­do à re­gra que de­ter­mi­na a per­da de ca­sa de fa­mí­li­as com um mem­bro con­de­na­do por cri­me.

Ca­ta­ri­na Mar­tins esteve on­tem no Por­to a aler­tar pa­ra ca­sos gra­ves

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.