O trei­na­dor in­te­ri­no des­pe­de-se con­tra o em­pa­ta-can­di­da­tos

Tiago Fer­nan­des cum­pre o último jogo co­mo téc­ni­co prin­ci­pal do Spor­ting fren­te a um rival que ti­rou pon­tos a FC Por­to e Benfica

Edição Público Lisboa - - DESPORTO - Fu­te­bol Marco Va­za

Ma­nu­el Fer­nan­des fez um pou­co de tu­do no Spor­ting. Foi um dos seus gran­des go­le­a­do­res, foi mui­tas ve­zes ad­jun­to e an­dou pe­la formação. E quan­do foi preciso, tam­bém foi o trei­na­dor prin­ci­pal num tem­po de emer­gên­cia, fa­zen­do os úl­ti­mos 21 jo­gos de 2000-01, uma épo­ca que ti­nha co­me­ça­do com o trei­na­dor cam­peão Augusto Iná­cio. De­zas­se­te anos de­pois, Tiago Fer­nan­des, fi­lho do “Ma­nel de Sa­ri­lhos”, tam­bém foi cha­ma­do de emer­gên­cia pa­ra pe­gar na equi­pa, mas a sua co­mis­são de ser­vi­ço não irá du­rar tan­to tem­po. An­tes de en­tre­gar a pas­ta a Mar­cel Keizer, o téc­ni­co de 37 anos cum­pre ho­je, em Al­va­la­de (20h, SPTV2), o seu último jogo no car­go, fren­te a um Desp. Cha­ves que tem fei­to a vi­da di­fí­cil aos can­di­da­tos ao tí­tu­lo.

De­pois de vencer o San­ta Cla­ra nos Aço­res (1-3) e de um em­pa­te sem go­los em Lon­dres, fren­te ao Ar­se­nal, Tiago Fer­nan­des até po­de dei­xar o Spor­ting mais perto da fren­te do cam­pe­o­na­to (en­tra pa­ra esta 10.ª jor­na­da a dois pon­tos dos dois lí­de­res), mas, pa­ra que is­so acon­te­ça, te­rá pe­la fren­te um ad­ver­sá­rio que já em­pa­tou nesta épo­ca com FC Por­to (1-1 pa­ra a Ta­ça da Li­ga) e Benfica (2- 2 no cam­pe­o­na­to), pa­ra além de ter com­pli­ca­do mui­to a vi­da ao Sp. Bra­ga (der­ro­ta por 1-0). Mas não fo­ram re­sul­ta­dos que te­nham ti­do gran­de pro­jec­ção na clas­si­fi­ca­ção da Li­ga — os fla­vi­en­ses es­tão na zo­na de des­pro­mo­ção e já não ga­nham pa­ra o cam­pe­o­na­to des­de 21 de Se­tem­bro.

Tiago Fer­nan­des, cla­ro, quer dei­xar a ca­dei­ra de trei­na­dor em al­ta e con­se­guir mais uma vi­tó­ria pa­ra en­tre­gar uma boa he­ran­ça ao ho­lan­dês Keizer. De­pois disso, es­tá dis­po­ní­vel pa­ra qual­quer coi­sa, ele que, an­tes de pe­gar nos se­ni­o­res “le­o­ni­nos”, pas­sou co­mo ad­jun­to e téc­ni­co prin­ci­pal em vá­ri­os es­ca­lões, co­me­çan­do de­pois a pre­sen­te épo­ca co­mo ad­jun­to de José Pe­sei­ro. Mas ain­da não sa­be o que vai fa­zer. “Es­tou mui­to gra­to ao Spor­ting por me re­co­nhe­ce­rem co­mo trei­na­dor e irei con­ti­nu­ar gra­to se­ja qual for a mi­nha po­si­ção. Sou mui­to so­li­dá­rio com quem che­ga ou com quem cá esta há mui­tos anos”, dis­se.

Nu­ma lis­ta ain­da sem Raphinha, Tiago Fer­nan­des pro­mo­veu o regresso à con­vo­ca­tó­ria do guar­da-re­des italiano Vi­vi­a­no, que ain­da não se es­tre­ou esta épo­ca em jo­gos ofi­ci­ais, man­ten­do a apos­ta no jo­vem médio Miguel Luís, que se es­tre­ou a ti­tu­lar no jogo em Lon­dres.

Do lado do Desp. Cha­ves, o téc­ni­co Da­ni­el Ra­mos ad­mi­te que a equi­pa es­tá nu­ma si­tu­a­ção di­fí­cil, mas “in­jus­ta”, e que te­rá de dar uma res­pos­ta: “Te­mos de ser ho­mens. Se não der­mos um gran­de si­nal de res­pos­ta, nin­guém o vai fa­zer por nós.” nsou­sa@pu­bli­co.pt

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.