Emo­ção nas mo­tos e tran­qui­li­da­de nos car­ros

O por­tu­guês Má­rio Pa­trão aban­do­nou de­vi­do a uma que­da na sex­ta eta­pa do Dakar 2019

Edição Público Lisboa - - DESPORTO - To­do-o-ter­re­no Jor­ge Mi­guel Ma­ti­as

A edi­ção des­te ano do Dakar es­tá a ser bem dis­tin­ta no que diz res­pei­to a au­to­mó­veis e mo­tos. En­quan­to nas qua­tro ro­das a li­de­ran­ça pa­re­ce es­tar pra­ti­ca­men­te en­tre­gue, nas du­as ro­das a in­cer­te­za man­tém-se, com os lí­de­res da clas­si­fi­ca­ção ge­ral a su­ce­de­rem-se. On­tem, e nes­ta ca­te­go­ria, impôs-se o chi­le­no Pa­blo Quin­ta­nil­la. O mo­tard que co­man­da uma Husq­var­na, ob­te­ve o seu pri­mei­ro triun­fo nu­ma ti­ra­da da edi­ção des­te ano do Dakar, ven­cen­do a sex­ta eta­pa e rou­ban­do a li­de­ran­ça ao nor­te-ame­ri­ca­no Ricky Bra­bec.

A vi­tó­ria de Quin­ta­nil­la ocor­reu na ti­ra­da mais lon­ga do Dakar 2019 — 839 qui­ló­me­tros, se fo­rem con­ta­bi­li­za­dos con­jun­ta­men­te os cro­no­me­tra­dos com os de li­ga­ção. Após a jor­na­da de des­can­so, os re­sis­ten­tes na mais im­por­tan­te pro­va de to­do-o-ter­re­no mun­di­al ti­ve­ram pe­la fren­te as du­nas de Ta­na­ka e o chi­le­no sou­be ti­rar pro­vei­to de uma van­ta­jo­sa po­si­ção de lar­ga­da (foi o 14.º a sair, po­den­do se­guir as mar­cas dei­xa­das pe­los pi­lo­tos que o an­te­ce­de­ram) pa­ra ata­car. Pre­ci­sa­men­te o con­trá­rio do que vi­veu Sam Sun­der­land. O bri­tâ­ni­co pa­gou bem ca­ro o fac­to de ser ele a abrir a pis­ta e ter­mi­nou a eta­pa com qua­se 23 mi­nu­tos de atra­so, uma si­tu­a­ção se­me­lhan­te à vi­vi­da pe­lo nor­te-ame­ri­ca­no Ricky Bra­bec, que li­de­ra­va an­tes da ti­ra­da de on­tem, mas que foi se­te mi­nu­tos e meio mais len­to do que Quin­ta­nil­la.

No fi­nal, a di­fe­ren­ça pa­ra o se­gun­do mais rá­pi­do do dia não foi mui­to sig­ni­fi­ca­ti­va: um pou­co me­nos de dois mi­nu­tos pa­ra Ke­vin Be­na­vi­des (Hon­da), mas foi su­fi­ci­en­te pa­ra Quin­ta­nil­la re­cu­pe­rar a li­de­ran­ça da ge­ral. As di­fe­ren­ças pa­ra o se­gun­do e ter­cei­ro ain­da não são sig­ni­fi­ca­ti­vas e é pro­vá­vel que a emo­ção se man­te­nha por mais uns qui­ló­me­tros.

Quem já vai as­sis­tir ao res­to da com­pe­ti­ção só pe­la te­le­vi­são se­rá o por­tu­guês Má­rio Pa­trão, que aban­do­nou o Dakar na sequên­cia de uma que­da so­fri­da pou­co de­pois do pri­mei­ro con­tro­lo de pas­sa­gem, nu­ma zo­na de pe­dras, quan­do se­guia no meio do pó de ou­tros pi­lo­tos.

Nos car­ros, Se­bas­tièn Lo­eb ven­ceu a ti­ra­da de on­tem e é o úni­co que ain­da po­de cau­sar al­gu­ma dor de ca­be­ça ao qa­ta­ren­se Nas­ser AlAt­tiyad, já que Stépha­ne Pe­terhan­sel per­deu mui­to tem­po e caiu pa­ra a ter­cei­ra po­si­ção da ge­ral. Quan­to a Lo­eb, ob­te­ve a sua se­gun­da vi­tó­ria em eta­pas nes­te Dakar, de­pois do triun­fo na vés­pe­ra. jma­ti­[email protected]­bli­co.pt

O Dakar con­ti­nua nas du­nas

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.