Dia per­fei­to para En­ric Mas e Si­mon Ya­tes

O es­pa­nhol ven­ceu a pe­núl­ti­ma eta­pa da Vu­el­ta e su­biu ao pódio; o bri­tâ­ni­co tor­nou-se vir­tu­al ven­ce­dor

Edição Público Porto - - DESPORTO -

O bri­tâ­ni­co Si­mon Ya­tes (Mit­chel­ton Scott) pas­sou on­tem com dis­tin­ção o úl­ti­mo obs­tá­cu­lo an­tes de po­der con­fir­mar a vitória na Volta a Es­pa­nha em bicicleta, hoje, em Ma­drid. A cur­ta 20.ª e pe­núl­ti­ma eta­pa, com ape­nas 90,7 qui­ló­me­tros, foi ga­nha pe­lo es­pa­nhol En­ric Mas (Quick-Step Flo­ors), que se impôs ao co­lom­bi­a­no Mi­guel Án­gel Ló­pez (Astana), num sprint a dois na che­ga­da ao Al­to de la Gal­li­na, em An­dor­ra, coin­ci­den­te com con­ta­gem de montanha de ca­te­go­ria especial.

“Sou jo­vem, es­tou a des­fru­tar a Vu­el­ta e não te­nho pa­la­vras. Es­tou fe­li­cís­si­mo. Foi uma eta­pa muito dura. O Mi­guel Án­gel Ló­pez es­te­ve im­pres­si­o­nan­te. Vou fe­li­ci­tá-lo, pois tam­bém su­biu ao pódio”, con­gra­tu­lou-se En­ric Mas, de ape­nas 23 anos.

Ya­tes cru­zou a me­ta em ter­cei­ro e pas­sa­dos 23 se­gun­dos, ga­nhan­do tem­po àque­les que ainda o ame­a­ça­vam, em especial o es­pa­nhol Ale­jan­dro Val­ver­de (Movistar), que era segundo da ge­ral, a 1m38s, e que es­cor­re­gou para fora do pódio.

Ago­ra com um 1m46s de van­ta­gem so­bre Mas, que su­biu ao segundo lugar, o ca­mi­so­la ver­me­lha tem ape­nas uma “for­ma­li­da­de” a se­pa­rá-lo da pri­mei­ra vitória nu­ma grande volta — a der­ra­dei­ra eta­pa da Vu­el­ta, uma li­ga­ção de 100,9km en­tre Al­cor­cón e Ma­drid.

“Fi­nal­men­te, acho que es­tá fei­to. Es­tou ex­tre­ma­men­te or­gu­lho­so por mim e ex­tre­ma­men­te or­gu­lho­so pela equipa. Eles car­re­ga­ram-me durante três se­ma­nas in­tei­ras. É a pri­mei­ra grande volta para a equipa, é inacreditável”, dis­se o bri­tâ­ni­co, de 26 anos, pres­tes a su­ce­der no his­to­ri­al de ven­ce­do­res ao tam­bém bri­tâ­ni­co Chris Froome.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.