AR aler­ta­da em 2014 so­bre re­gis­to de pre­sen­ças

Edição Público Porto - - POLÍTICA - Só­nia Sa­pa­ge

Há qua­tro anos, era o so­ci­al-de­mo­cra­ta Men­des Bo­ta de­pu­ta­do e pre­si­den­te da Co­mis­são de Éti­ca e As­sun­ção Es­te­ves li­de­ra­va a As­sem­bleia da Re­pú­bli­ca, a ques­tão do con­tro­lo de­fi­ci­en­te das pre­sen­ças em ple­ná­rio já era as­sun­to en­tre os par­la­men­ta­res. Dis­so mes­mo dá con­ta a ac­ta de 14 de Ou­tu­bro de 2014, na qu­al se lê que “há de­pu­ta­dos que têm a prá­ti­ca de aban­do­nar mui­to ce­do o ple­ná­rio, mes­mo em ple­na vo­ta­ção, o que é bem vi­sí­vel na te­le­vi­são”.

Men­des Bo­ta di­zia en­tão “não es­tar sa­tis­fei­to, nem com a ma­nei­ra co­mo fun­ci­o­na o sis­te­ma, nem com a for­ma co­mo se pres­ta a uti­li­za­ções in­cor­rec­tas” e uma das ra­zões ain­da é ac­tu­al: o sis­te­ma per­mi­te que “al­gum par­la­men­tar pos­sa fa­zer o re­gis­to por ou­tro que não se en­con­tre pre­sen­te no ple­ná­rio”.

Se­gun­do a ac­ta que o PÚ­BLI­CO con­sul­tou, Men­des Bo­ta es­ta­va pre­o­cu­pa­do com o fac­to de, por cau­sa des­sa “ques­tiún­cu­la” — co­mo lhe cha­mou Rui Rio —, os re­sul­ta­dos das vo­ta­ções no he­mi­ci­clo po­de­rem ser des­vir­tu­a­dos. “Os vo­tos ex­pres­sos em ac­ta não tra­du­zem a re­a­li­da­de com exac­ti­dão, o que não é cor­rec­to, por­que se pres­su­põe que to­dos os de­pu­ta­dos que no iní­cio da vo­ta­ção fi­ze­ram o seu re­gis­to de pre­sen­ça es­tão pre­sen­tes no exac­to mo­men­to de ca­da vo­ta­ção, o que mui­tas ve­zes não cor­res­pon­de à ver­da­de.”

Men­des Bo­ta dis­se tam­bém, “pa­ra me­mó­ria fu­tu­ra”, que mui­tos par­la­men­tos na Eu­ro­pa já ti­nham sis­te­ma elec­tró­ni­co pa­ra to­das as vo­ta­ções, e que ti­nha “mui­tas di­fi­cul­da­des em com­pre­en­der e acei­tar que ao fim de tan­tos anos” o sis­te­ma in­for­má­ti­co do ple­ná­rio fos­se “tão de­fi­ci­en­te”.

Foi nes­te con­tex­to que o de­pu­ta­do do PSD pe­diu a in­ter­ven­ção de As­sun­ção Es­te­ves. “Ter­mi­nou”, con­ta-se na ac­ta, “di­zen­do que so­li­ci­ta­rá à se­nho­ra pre­si­den­te da As­sem­bleia da Re­pú­bli­ca a to­ma­da de me­di­das pre­ven­ti­vas que me­lho­rem o sis­te­ma em ter­mos de efi­cá­cia e im­pe­çam uti­li­za­ções in­cor­rec­tas do mes­mo, pois não com­pe­te a ne­nhum de­pu­ta­do ser fis­cal, po­lí­cia ou de­la­tor de ou­tros de­pu­ta­dos”.

so­nia.sa­pa­ge@pu­bli­co.pt

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.