Aces­so à re­for­ma an­te­ci­pa­da com pe­na­li­za­ção vai man­ter-se

Res­tri­ções no aces­so à antecipação da re­for­ma não avan­çam no pró­xi­mo ano. Alí­vio dos cor­tes che­ga­rá em du­as fa­ses

Edição Público Porto - - ECONOMIA - Ra­quel Mar­tins

As re­gras de aces­so à re­for­ma an­te­ci­pa­da vão man­ter-se no pró­xi­mo ano e os tra­ba­lha­do­res com 61, 62 ou 63 anos de ida­de e 40 ou mais de des­con­tos po­dem re­for­mar-se mais ce­do, des­de que es­te­jam dis­pos­tos a su­por­tar ele­va­dos cor­tes nas su­as pen­sões. A ga­ran­tia já ti­nha si­do dei­xa­da por Vi­ei­ra da Sil­va, mi­nis­tro do Tra­ba­lho e da Se­gu­ran­ça So­ci­al, e é ago­ra con­fir­ma­da no do­cu­men­to en­vi­a­do aos de­pu­ta­dos pa­ra pre­pa­rar o de­ba­te na es­pe­ci­a­li­da­de do or­ça­men­to da Se­gu­ran­ça So­ci­al mar­ca­do pa­ra se­gun­da-fei­ra.

Na no­ta en­vi­a­da pe­lo ga­bi­ne­te de Vi­ei­ra da Sil­va, fi­ca cla­ro que as al­te­ra­ções pre­vis­tas pa­ra 2019 têm co­mo ob­jec­ti­vo eli­mi­nar o cor­te do fac­tor de sus­ten­ta­bi­li­da­de (que ti­ra 14,5% ao va­lor das pen­sões an­te­ci­pa­das pe­di­das em 2018 e que em 2019 de­ve­rá ser mai­or) pa­ra os pen­si­o­nis­tas que aos 60 anos têm 40 de des­con­tos e an­te­ci­pam a re­for­ma. Quem não cum­prir es­te re­qui­si­to de ida­de e tem­po de con­tri­bui­ções po­de­rá pe­dir a re­for­ma an­te­ci­pa­da, man­ten­do os cor­tes.

No Or­ça­men­to do Es­ta­do (OE) pa­ra 2019, pre­ci­sa o do­cu­men­to, “o Go­ver­no as­su­me o com­pro­mis­so de apro­var um no­vo re­gi­me de re­for­ma an­te­ci­pa­da por fle­xi­bi­li­za­ção, re­du­zin­do ou mes­mo anu­lan­do os fac­to­res de pe­na­li­za­ção pa­ra pen­si­o­nis­tas que aos 60 anos de ida­de te­nham pe­lo me­nos 40 anos de car­rei­ra con­tri­bu­ti­va”.

Ao con­trá­rio do que eram os pla­nos do Go­ver­no, “quem quei­ra pe­dir a antecipação da re­for­ma mas não cum­pra os re­qui­si­tos do no­vo re­gi­me man­tém a pos­si­bi­li­da­de de aces­so ao re­gi­me em vi­gor em 2018”, acres­cen­ta. Ou se­ja, o Go­ver­no as­su­me um re­cuo fa­ce à in­ten­ção de li­mi­tar a re­for­ma an­te­ci­pa­da ape­nas a quem aos 60 tem 40 de des­con­tos, im­pe­din­do o aces­so a uma pes­soa com 61 anos e 40 de des­con­tos, por exem­plo.

Vá­ri­os re­gi­mes em 2019

No pró­xi­mo ano, vão con­vi­ver vá­ri­os re­gi­mes de antecipação na re­for­ma na Se­gu­ran­ça So­ci­al, em­bo­ra o Go­ver­no ad­mi­ta es­ten­der o fim do cor­te do fac­tor de sus­ten­ta­bi­li­da­de aos tra­ba­lha­do­res que des­con­tam pa­ra a Cai­xa Ge­ral de Apo­sen­ta­ções.

As no­vas re­gras pre­vis­tas no OE (e que eli­mi­nam o cor­te do fac­tor de sus­ten­ta­bi­li­da­de) en­tram em vi­gor em dois mo­men­tos. A par­tir de Ja­nei­ro, o fac­tor de sus­ten­ta­bi­li­da­de dei­xa­rá de se apli­car aos tra­ba­lha­do­res com 63 ou mais anos (e que aos 60 já ti­nham 40 anos de des­con­tos) que pe­di­rem a re­for­ma an­te­ci­pa­da. Es­tas pes­so­as man­te­rão ape­nas o cor­te de 0,5% por ca­da mês de antecipação em re­la­ção à ida­de le­gal. A par­tir de Ou­tu­bro, o alí­vio dos cor­tes se­rá es­ten­di­do aos tra­ba­lha­do­res com pe­lo me­nos 60 anos de ida­de (e que aos 60 anos já ti­nham 40 anos de des­con­tos), ou se­ja, quem reu­nir es­tas con­di­ções e an­te­ci­par a re­for­ma de Ou­tu­bro em di­an­te dei­xa­rá de ter o cor­te do fac­tor de sus­ten­ta­bi­li­da­de, man­ten­do o cor­te por antecipação.

Quan­to ao aces­so à pen­são an­te­ci­pa­da, as re­gras que ac­tu­al­men­te es­tão em vi­gor vão man­ter-se — o que sig­ni­fi­ca que quem ti­ver 60 ou mais anos de ida­de e 40 ou mais de des­con­tos po­de re­for­mar-se an­tes da ida­de le­gal e a sua pen­são te­rá o cor­te do fac­tor de sus­ten­ta­bi­li­da­de e por antecipação. Es­tão nes­ta si­tu­a­ção pes­so­as com 61, 62 ou 63 anos e 40 de des­con­tos.

O re­gi­me de mui­to lon­gas car­rei­ras con­tri­bu­ti­vas man­tém-se e eli­mi­na to­dos os cor­tes (fac­tor de sus­ten­ta­bi­li­da­de e cor­te por antecipação) a quem se re­for­ma an­te­ci­pa­da­men­te com 60 anos ou mais de ida­de e pe­lo me­nos 46 anos de car­rei­ra con­tri­bu­ti­va.

Ao as­su­mir que o aces­so à re­for­ma an­te­ci­pa­da não se­rá li­mi­ta­do, o mi­nis­tro do Tra­ba­lho po­de­rá es­va­zi­ar a pre­o­cu­pa­ção do PCP em ga­ran­tir que is­so fi­que ex­pres­so no OE.

ra­quel.mar­tins@pu­bli­co.pt

ra­quel.mar­tins@pu­bli­co.pt

NU­NO FER­REI­RA SAN­TOS

Ga­ran­tia já ti­nha si­do dei­xa­da por Vi­ei­ra da Sil­va, mi­nis­tro do Tra­ba­lho e da Se­gu­ran­ça So­ci­al

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.