UMA ENCICLOPÉD­IA DO BRUTALISMO

GQ (Portugal) - - Culto -

An­da­mos ob­ce­ca­dos com os edi­fí­ci­os bru­ta­lis­tas que, du­ran­te dé­ca­das, an­dá­mos a des­truir. No mês de mar­ço, a Vo­gue de­di­cou um ar­ti­go ao te­ma, com uma re­fle­xão so­bre os mo­ti­vos que nos fa­zem vol­tar ao es­ti­lo ar­qui­te­tó­ni­co fa­vo­ri­to dos go­ver­nos so­ci­a­lis­tas. Ago­ra, re­co­men­da­mos-lhe um com­pên­dio. Vo­ta­do pe­lo The New York Ti­mes co­mo o me­lhor li­vro de ar­te de 2018, es­te atlas da Phai­don se­le­ci­o­na os me­lho­res exem­plos de ar­qui­te­tu­ra bru­ta­lis­ta, di­vi­din­do-os em no­ve re­giões mun­di­ais. São mais de 878 edi­fí­ci­os exis­ten­tes ou de­mo­li­dos, de qua­se 800 ar­qui­te­tos – dos mes­tres do sé­cu­lo XX Mar­cel Breu­er e Li­na Bo Bar­di, até aos con­tem­po­râ­ne­os Pe­ter Zumthor e Si­za Vi­ei­ra.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.