DEADPOOL 2016

GQ (Portugal) - - Culto -

Ou­tro fil­me fo­ra da cai­xa na sé­rie X-Men, mas num re­gis­to com­ple­ta­men­te di­fe­ren­te de Lo­gan,é Deadpool, em que o hu­mor é dei­xa­do à sol­ta no fil­me mais po­li­ti­ca­men­te in­cor­re­to da Mar­vel, que a Dis­ney com­prou em 2009. Deadpool, de seu ver­da­dei­ro

no­me Wa­de Wil­son (Ryan Rey­nolds), fez a pri­mei­ra apa­ri­ção em X-Men Ori­gens: Wol­ve­ri­ne (2009) co­mo um mer­ce­ná­rio que não é ca­paz de es­tar ca­la­do, mes­mo quan­do es­tá a as­sas­si­nar al­guém. É es­sa ca­rac­te­rís­ti­ca, a pi­a­da fá­cil e cer­tei­ra, que fez de­le me­re­ce­dor de um fil­me em no­me pró­prio, re­ple­to de ul­tra­vi­o­lên­cia e de pis­ca­de­las de olho e in­si­de jo­kes ao uni­ver­so da Mar­vel. E não só: nem Gre­en Lan­tern, da ri­val DC Co­mics e pro­ta­go­ni­za­do pe­lo mes­mís­si­mo Rey­nolds, es­ca­pa à

fú­ria pi­a­dis­ta de Deadpool.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.