O PRO­TE­TOR

GQ (Portugal) - - Corpo Cuidados -

EXPECTATIV­A Até é fã de pro­te­tor solar e acre­di­ta que ele tem um pa­pel fun­da­men­tal na pro­te­ção da pe­le Se não fos­se tão cha­to ter de o apli­car de du­as em du­as ho­ras­ a vos­sa re­la­ção se­ria perfeita Pa­ra con­tor­nar es­te in­có­mo­do­ des­co­bre –e apai­xo­naŽse— por um pro­te­tor solar em bru­ma­ e bas­ta apon­tar o spray pa­ra a ca­ra e pres­si­o­nar As­sim evi­ta to­car na pe­le já com­ple­ta­men­te trans­pi­ra­da e ain­da ole­o­sa da última apli­ca­ção e não cor­re o ris­co de fi­car com man­chas de cre­me por es­pa­lhar É a so­lu­ção perfeita

RE­A­LI­DA­DE No pri­mei­ro dia­ não se aper­ce­be que ca­da vez que es­tá a bor­ri­far o ros­to com o pro­te­tor solar­ me­ta­de do pro­du­to é le­va­do pe­lo ven­to No fim do dia tem um es­cal­dão em me­ta­de da ca­ra e no se­gun­do dia o pro­te­tor aca­ba É pro­vá­vel que ™”% da em­ba­la­gem te­nha ido pa­rar às ár­vo­res e plan­tas e ape­nas ›”% lhe te­nha pro­te­gi­do a ca­ra Con­cor­da­mos que um pro­te­tor solar é in­dis­pen­sá­vel e tam­bém que o for­ma­to tra­di­ci­o­nal de cre­me ou lo­ção não é prá­ti­co Po­de ter as mãos su­jas e não ter co­mo as lim­par ou aca­bar com o ros­to com­ple­ta­men­te co­ber­to por um fil­tro bran­co O pro­te­tor em for­ma­to roll on é a me­lhor for­ma de col­ma­tar as fa­lhas de to­das as ou­tras op­ções dis­po­ní­veis Per­mi­te a apli­ca­ção di­re­ta do pro­te­tor no ros­to sem as mãos te­rem de to­car na fór­mu­la­ o que fa­ci­li­ta e in­cen­ti­va a apli­ca­ção fre­quen­te e tam­bém ga­ran­te que es­tá a pro­te­ger o ros­to to­do ao sen­tir a fres­cu­ra do pro­du­to a to­car na pe­le

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.