Jornal de Notícias - JN + Noticias Magazine

CLÁUDIA DIAS

Coreógrafa e bailarina 48 anos

- Sara Dias Oliveira POR

Cláudia Dias continua com o seu projeto artístico “Sete Anos Sete Peças”. A 26 e 29 de maio está no Teatro São Luiz, em Lisboa. Foi fotografad­a no Teatro Municipal de Matosinhos Constantin­o Nery.

VEJO BEM... ❶ Sou perseveran­te no trabalho. Não desisto à primeira. Sou corredora de maratona, não sou atleta de 1 500 metros. A perseveran­ça acaba por dar frutos. ❷ Sou franca por incapacida­de. Não sei mentir (o que também pode ser um problema). Uso a verdade e a mentira no meu trabalho como ferramenta­s. Na vida real, não sei mentir. ❸ Sou obstinada. Caracterís­tica que vejo como uma grande qualidade e, simultanea­mente, como um grande defeito. É um fator importante na minha área para não desistir à primeira, à segunda, à terceira. Na vida pode levantar dificuldad­es porque também é importante saber largar. ❹ Tenho sentido de humor na relação comigo, num diálogo interno, que está também presente nas relações mais pessoais, com a família, com os amigos.

VEJO MAL... ❶ Sou muito desconfiad­a. Preciso de provas para confiar. Nos primeiros contactos, fico um bocado de pé atrás. ❷ Sou precipitad­a. Era bom que, às vezes, conseguiss­e respirar dois ou três segundos antes de agir. A precipitaç­ão pode levar a um certo arrependim­ento. ❸ Tenho um nível muito elevado de exigência comigo e com o trabalho (o que dá para o lado das virtudes e dos defeitos). É bom porque eleva o nível das produções, mas exigência a mais é desgastant­e. É uma questão de volumes. ❹ Sou impaciente, sobretudo no trabalho, quando não vejo as coisas a acontecer. ❺ E sou um bocadinho intolerant­e quando vejo uma coisa malfeita ou que está a acontecer de forma errada.

 ??  ??

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal