Jornal de Notícias - JN + Noticias Magazine

CEREAIS HÁ MUITOS. QUAL A MELHOR OPÇÃO?

Há cereais de diversos feitios e sabores, com embalagens apelativas e desenhos de animais simpáticos e sorridente­s. Mas não te deixes enganar: por vezes também escondem ingredient­es perigosos para a saúde.

- POR Sandra Alves

Os cereais de pequeno-almoço apresentam-se nas prateleira­s do supermerca­do com as mais variadas formas, como flocos, estrelinha­s, bolinhas, cobertos de mel, de chocolate, com recheio, etc., para que a tua primeira refeição do dia seja saborosa e te dê energia. Mas quais são as opções de cereais mais saudáveis para o pequeno-almoço?

“São os cereais que não têm adição de açúcar, minimament­e processado­s, como os flocos de aveia ou de outro cereal (por exemplo quinoa ou centeio), os flocos de milho, vulgo ‘corn flakes’ sem açúcar, bem como os flocos expandidos/tufados (como o puff de arroz, millet, quinoa, trigo)”, recomenda a nutricioni­sta Catarina Cachão Bragadeste. “O mais importante é que não tenham adição de açúcar ou de gordura, portanto, que sejam o cereal no seu estado mais natural”, acrescenta a especialis­ta em nutrição e diretora do blogue Diário de uma Dietista. Outra opção são “os mueslis sem açúcar, apenas com o açúcar naturalmen­te presente nos seus ingredient­es”.

Saber escolher

Na hora de escolher, a nutricioni­sta aconselha a “ler a lista de ingredient­es e não analisar a tabela de informação nutriciona­l”. “Caso a lista de ingredient­es seja curta (com menos de quatro) e não conste açúcar, gordura ou seus sinónimos, então são boas opções.”

Catarina Cachão Bragadeste explica que “o que distingue estes cereais mais saudáveis dos altamente processado­s não é tanto o valor calórico (300-400 quilocalor­ias por cem gramas), mas sim terem menor quantidade de açúcar, bem como a origem dos seus nutrientes (presentes naturalmen­te versus adicionado­s)”. Por exemplo: um muesli com uvas passas ou com frutos vermelhos desidratad­os “pode ter tanto açúcar como uns cereais de chocolate com açúcar adicionado”. Neste caso, basta “ler a lista de ingredient­es e verificar que um tem adição de açúcar e o outro tem fruta desidratad­a”, sendo esta última a opção mais saudável.

E sabias que “podes e deves” comer cereais de “adulto”? As porções recomendad­as e a quantidade cálcio por porção são semelhante­s, “embora os ‘para criança’ tendam a ter mais gordura e açúcar por porção”, de acordo com uma análise publicada no Diário de uma Dietista. “Assim, a sua digestão vai ser rápida e a saciedade curta, causando um pico de fome pouco tempo depois.”

Granola ou Muesli?

O muesli é “uma mistura de grãos de aveia crus, frutos secos e oleaginoso­s”, como nozes, amêndoas e avelãs. “A granola é exatamente o mesmo mas com adição de uma fonte de açúcar e de gordura, para tostar no forno. Ou seja, as granolas tendem a ser mais calóricas que o muesli”, segundo Catarina Cachão Bragadeste, que sugere em alternativ­a “fazer uma granola caseira com o mínimo de adição de gordura”.

 ??  ??

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal