Ban­cos vão ter ga­ran­ti­as do Es­ta­do pa­ra apoi­ar ino­va­ção

O Go­ver­no vai apre­sen­tar es­ta sex­ta-fei­ra as li­nhas ge­rais da re­pro­gra­ma­ção dos fun­dos co­mu­ni­tá­ri­os do Por­tu­gal 2020. O en­vol­vi­men­to da ban­ca no Sis­te­ma de In­cen­ti­vos à Ino­va­ção em­pre­sa­ri­al é a prin­ci­pal no­vi­da­de.

Jornal de Negócios - - PRIMEIRA PÁGINA - CEL­SO FI­LI­PE cfi­li­[email protected]­go­ci­os.pt

Os prin­ci­pais ban­cos do sis­te­ma fi­nan­cei­ro na­ci­o­nal, CGD, Santander, BCP e BPI , vão es­tar envolvidos no no­vo Sis­te­ma de In­cen­ti­vos à Ino­va­ção , cri­a­do na sequên­cia da re­pro­gra­ma­ção do qua­dro de fun­dos es­tru­tu­rais eu­ro­peus, o Por­tu­gal 2020.

As li­nhas ge­rais da re­pro­gra­ma­ção do Por­tu­gal 2020 se­rão anun­ci­a­das es­ta sex­ta-fei­ra, no Cen­tro de Con­gres­sos de Lis­boa, pe­lo mi­nis­tro do Pla­ne­a­men­to e In­fra-es­tru­tu­ras, (MPI), Pedro Mar­ques. A ce­ri­mó­nia con­ta­rá com in­ter­ven­ções da co­mis­sá­ria eu­ro­peia de Po­lí­ti­ca Re­gi­o­nal, Co­ri­na Cre­tu, e do pri­mei­ro-mi­nis­tro, An­tó­nio Cos­ta . Na se­gun­da-fei­ra, 10 de De­zem­bro, es­ta re­pro­gra­ma­ção se­rá apre­sen­ta­da a em­pre­sá­ri­os no Por­to.

Se­gun­do uma fonte do Mi­nis­té­rio do Pla­ne­a­men­to, o no­vo sis­te­ma de in­cen­ti­vos, apli­ca­do às em­pre­sas, irá per­mi­tir que, “com um pou­co mais de 600 mil eu­ros de fun­dos, se ala­van­que cin­co mil mi­lhões de eu­ros de in­ves­ti­men­to”.

De mo­do a atrair os ban­cos pa­ra es­te no­vo programa, o Go­ver­no cri­ou dois be­ne­fí­ci­os que se apli­ca­rão às ope­ra­ções cré­di­to apro­va­das. Uma de­las é uma ga­ran­tia ao abri­go do Sis­te­ma Na­ci­o­nal de Ga­ran- tia Mú­tua até 75% da ope­ra­ção, a ou­tra uma bo­ni­fi­ca­ção to­tal dos ju­ros da ope­ra­ção su­por­ta­da pe­lo Por­tu­gal 2020 e li­qui­da­da di­rec­ta­men­te às ins­ti­tui­ções de cré­di­to.

Ter­ri­tó­ri­os com 1,3 mil mi­lhões de eu­ros

De acor­do com a mes­ma fonte do MPI, se­rá man­ti­da “a apos­ta na qua­li­fi­ca­ção das pes­so­as, dos ter­ri­tó­ri­os e das em­pre­sas, com um re­for­ço de 2,4 mil mi­lhões de eu­ros dos fun­dos da União Eu­ro­peia, sen­do que “com a re­pro­gra­ma­ção ha­ve­rá mais de se­te mil mi­lhões de eu­ros de in­ves­ti­men­to pú­bli­co e pri­va­do até ao fi­nal des­te ci­clo”.

Além da ver­ten­te des­ti­na­da às em­pre­sas , a no­va con­fi­gu­ra­ção do Por­tu­gal 2020 irá vi­a­bi­li­zar “um in­ves­ti­men­to pú­bli­co adi­ci­o­nal de 1,3 mil mi­lhões de eu­ros pa­ra a com­pe­ti­ti­vi­da­de dos ter­ri­tó­ri­os, in­cluin­do ain­da o in­ves­ti­men­to mu­ni­ci­pal em equi­pa­men­tos co­lec­ti­vos co­mo es­co­las, uni­da­des de saú­de ou pro­jec­tos de re­a­bi­li­ta­ção ou de mo­bi­li­da­de ur­ba­na”.

Até ao mo­men­to, se­gun­do as con­tas do Go­ver­no, já fo­ram apro­va­dos pro­jec­tos no va­lor glo­bal de 8,5 mil mi­lhões de eu­ros e que cor­res­pon­dem a 70% dos fun­dos co­mu­ni­tá­ri­os dis­po­ní­veis, o que ma­te­ri­a­li­za num in­ves­ti­men­to glo­bal apro­va­do na or­dem dos 27,5 mil mi­lhões de eu­ros.

Mi­guel Bal­ta­zar

O Mi­nis­té­rio li­de­ra­do por Pedro Mar­ques pre­vê ala­van­car cin­co mil mi­lhões de eu­ros de in­ves­ti­men­to pro­du­ti­vo.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.