B&B quer cin­co ho­téis em Por­tu­gal até 2020

A ca­deia de ho­téis fran­ce­sa B&B quer abrir 15 es­pa­ços na Pe­nín­su­la Ibé­ria nos pró­xi­mos dois anos. Por­tu­gal de­ve­rá re­ce­ber cin­co. O in­ves­ti­men­to en­vol­vi­do e as lo­ca­li­za­ções são ain­da des­co­nhe­ci­das.

Jornal de Negócios - - EMPRESAS - SA­RA AN­TU­NES* sa­ra­an­tu­[email protected]­go­ci­os.pt *Com PC

AB&B, ca­deia ho­te­lei­ra fran­ce­sa com qua­se 30 anos, es­tá a ex­pan­dir o seu ne­gó­cio e quer co­lo­car Por­tu­gal no seu ma­pa. No Ve­rão des­te ano foi no­ti­ci­a­do que a B&B já ti­nha­es­co­lhi­do o lo­cal pa­rao seu pri­mei­ro ho­tel no país: Can­ta­nhe­de.

Ago­ra, nu­ma en­tre­vis­ta ao es­pa­nhol Cin­co Días, Jai­ro Gon­zá­lez, res­pon­sá­vel da B&B pa­ra a Pe­nín­su­la Ibé­ri­ca, ex­pli­cou o pla­no pa­ra a re­gião. O ob­jec­ti­vo é abrir 15 ho­téis, sen­do 10 em Es­pa­nha e os ou­tros cin­co em Por­tu­gal. “Te­mos pro­jec­ta­dos 15 no­vos ho­téis em dois anos pa­ra a Pe­nín­su­la Ibé­ri­ca, dos quais 10 se­rão em Es­pa­nha e cin­co em Por­tu­gal”, afir­mou na en­tre­vis­ta ao Cin­co Días.

O res­pon­sá­vel não adi­an­ta por­me­no­res so­bre a lo­ca­li­za­ção nem so­bre a da­ta em que se­rão aber­tos os es­pa­ços em ter­ri­tó­rio na­ci­o­nal. Mas o ob­jec­ti­vo é que es­tes ho­téis se­jam inau­gu­ra­dos nos pró­xi­mos dois anos. O Ne­gó­ci­os ten­tou con­tac­tar a em­pre­sa, mas não ob­te­ve res­pos­ta.

“O fo­co vai ser em ho­téis eco­nó­mi­cos, cen­trais, aces­sí­veis e mo­der­nos pa­ra cli­en­tes que pa­gam do seu pró­prio bol­so e cu­jas ta­ri­fas os­ci­lam em fun­ção da pro­cu­ra. Po­de ha­ver ta­ri­fas que os­ci­lam en­tre 80 eu­ros na épo­ca bai­xa e 200 eu­ros na épo­ca al­ta”, ex­pli­cou o res­pon­sá­vel nu­ma en­tre­vis­ta fo­ca­da no mer­ca­do es­pa­nhol.

No fi­nal de Ju­lho, as agên­ci­as de in­for­ma­ção Eu­ro­pa Press e Efe re­ve­la­ram que a B&B tinha chegado a um acor­do pa­ra alu­gar por um pe­río­do mí­ni­mo de 10 anos o es­pa­ço on­de se si­tu­a­rá o B&B Ho­tel Can­ta­nhe­de Coim­bra. O es­pa­ço con­ta com 66 apar­ta­men­tos e uma sa­la de con­fe­rên­ci­as que com­por­ta mais de 200 pes­so­as. Na al­tu­ra, Jai­ro Gon­zá­lez ad­mi­tiu que es­te era ape­nas o pri­mei­ro projecto em Por­tu­gal, ten­do já uma “im­por­tan­te” car­tei­ra de pla­nos pa­ra o país, sem nun­ca es­pe­ci­fi­car.

AB&B, que con­ta­com 28 anos de his­tó­ria, es­tá presente em Es­pa­nha des­de 2015. E em 2018 en­trou em qu­a­tro mer­ca­dos: Bél­gi­ca, Suí­ça, Es­lo­vé­nia e Áus­tria, de acor­do com a in­for­ma­ção que cons­ta no si­te da em­pre­sa. Os pla­nos da B&B apon­tam pa­ra­que no fi­nal de 2020 a ca­deia con­te com 620 ho­téis em to­do o mun­do. Ac­tu­al­men­te tem 450, o que “sig­ni­fi­ca abrir 50 ho­téis por ano ou um­por se­ma­na”, sa­li­en­tou Jai­ro Gon­zá­lez.

Rui Mi­guel Pe­dro­sa

Can­ta­nhe­de de­ve­rá ser o pri­mei­ro des­ti­no da B&B em Por­tu­gal.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.