SOB A PAI­SA­GEM DO CA­NA­DÁ

Jornal de Negócios - - Weekend -

Quan­do um músico aus­tra­li­a­no é de­sa­fi­a­do a fa­zer uma re­si­dên­cia com mú­si­cos ca­na­di­a­nos em Banff, na re­gião de Al­ber­ta, no Ca­na­dá, com vis­ta pa­ra o par­que na­tu­ral da re­gião e pa­ra par­te das mon­ta­nhas ro­cho­sas, a in­fluên­cia da na­tu­re­za na mú­si­ca pro­du­zi­da é ine­vi­tá­vel. “Nothing Re­mains Un­chan­ged” é o re­sul­ta­do da co­la­bo­ra­ção do bai­xis­ta aus­tra­li­a­no Ross McHenry com o ba­te­ris­ta Eric Har­land, o pi­a­nis­ta Matthew She­ens e o sa­xo­fo­nis­ta Ben Wen­del, no Banff Cen­tre for Arts And Cre­a­ti­vity. O re­sul­ta­do es­tá em no­ve te­mas que os­ci­lam en­tre o tran­qui­lo e o tem­pes­tu­o­so, to­dos mos­tran­do um de­se­jo de ex­plo­rar as po­ten­ci­a­li­da­des da co­la­bo­ra­ção en­tre mú­si­cos que se es­tão a des­co­brir uns aos ou­tros. As in­fluên­ci­as de Ross McHenry es­tão bem se­di­men­ta­das no jazz, mas sem des­pre­zar a mú­si­ca de câ­ma­ra e al­gu­ma elec­tró­ni­ca – um cock­tail só por si in­vul­gar. A gran­di­o­si­da­de da pai­sa­gem lo­cal foi cer­ta­men­te uma in­fluên­cia na com­po­si­ção des­tes te­mas, to­dos cri­a­dos em Banff. “Com­pli­ca­ted Us”, o te­ma de aber­tu­ra é um bom exem­plo da li­ga­ção en­tre o ba­te­ris­ta e o bai­xis­ta, que se de­sen­vol­ve en­quan­to o sa­xo­fo­nis­ta e o pi­a­nis­ta cri­am a pai­sa­gem so­no­ra de fun­do, re­ple­ta de ten­sões. Em con­tras­te “Wo­ods” é um exer­cí­cio de tran­qui­li­da­de e me­di­ta­ção, en­quan­to “Fo­rest Dan­ce” e so­bre­tu­do “Pers­pec­ti­ves” mos­tram as ca­pa­ci­da­des in­di­vi­du­ais dos mú­si­cos. O dis­co es­tá dis­po­ní­vel no Spo­tify.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.