No­va ge­ra­ção li­ga-se à to­ma­da

Uma ver­são 100 por cen­to elé­tri­ca, cin­co a ga­so­li­na e du­as a ga­só­leo: o no­vo C4 che­ga em de­zem­bro.

Jornal de Negócios - - Weekend - ADRI­A­NO OLI­VEI­RA

ACi­troën aca­ba de apre­sen­tar a sua no­va ber­li­na com­pac­ta C4, que che­ga ao mer­ca­do na­ci­o­nal em de­zem­bro. Subs­ti­tui de uma só vez o an­te­ri­or C4 e o C4 Cac­tus. Pre­ços ain­da não há.

Si­lhu­e­ta enér­gi­ca e ae­ro­di­nâ­mi­ca, in­te­gran­do os có­di­gos de um SUV, o no­vo mo­de­lo ado­ta uma linha de te­ja­di­lho in­cli­na­da na tra­sei­ra que faz lem­brar os an­ti­gos GS e GX. En­tre os de­ta­lhes dis­tin­ti­vos ex­te­ri­o­res es­tá a no­va as­si­na­tu­ra lu­mi­no­sa em ‘V’ com LED, à fren­te e atrás.

Com 4,36 me­tros de com­pri­men­to, 1,80 m de lar­gu­ra e 1.525 de al­tu­ra, ofe­re­ce um ha­bi­tá­cu­lo aco­lhe­dor, tec­no­ló­gi­co (20 sis­te­mas de aju­da à con­du­ção es­tão dis­po­ní­veis) e es­pa­ço­so. A ba­ga­gei­ra tem 380 li­tros de ca­pa­ci­da­de, a que jun­tam mais 39 li­tros em 16 pe­que­nos es­pa­ços de ar­ru­ma­ção no in­te­ri­or. Aqui, des­ta­que pa­ra uma es­treia mun­di­al, o Smart Pad Sup­port Ci­troën, um iné­di­to sis­te­ma de su­por­te re­trá­til in­te­gra­do no ta­bli­er, que per­mi­te fi­xar vá­ri­os equi­pa­men­tos mó­veis.

O con­for­to a bor­do be­ne­fi­cia dos ban­cos Ad­van­ced Com­fort e das sus­pen­sões Ci­troën de ba­ten­tes hi­dráu­li­cos pro­gres­si­vos, que cri­am a sen­sa­ção de que o au­to­mó­vel so­bre­voa as de­for­ma­ções do pi­so: o efei­to ta­pe­te voador

No mer­ca­do na­ci­o­nal, es­tão dis­po­ní­veis qua­tro mo­to­ri­za­ções a ga­so­li­na com po­tên­ci­as en­tre os 100 e os 130 cv, dois pro­pul­so­res a ga­só­leo de 110 e 130 cv e um blo­co 100 por cen­to elé­tri­co de 136 cv. Nos a ga­so­li­na e a ga­só­leo, as trans­mis­sões po­dem ser ma­nu­ais de seis ve­lo­ci­da­des ou au­to­má­ti­cas de oi­to re­la­ções.

Por sua vez, o ë-C4 elé­tri­co ofe­re­ce uma mo­to­ri­za­ção sem emis­sões de CO2 e com uma au­to­no­mia de 350 km (WLTP).

Com 136 cv de po­tên­cia e um bi­ná­rio de 260 Nm, dis­po­ní­vel ins­tan­ta­ne­a­men­te, o ë-C4 ace­le­ra dos 0-100 km/ h em 9,7 s, no mo­do Sport, e atin­ge a ve­lo­ci­da­de má­xi­ma de 150 km/h. A bateria do de iões de lí­tio, com ca­pa­ci­da­de de 50 kWh, tem garantia de 8 anos ou 160 mil km.

Es­ta va­ri­an­te elé­tri­ca dis­põe de uma fun­ção Bra­ke pa­ra re­cu­pe­rar ener­gia e au­men­tar a au­to­no­mia na de­sa­ce­le­ra­ção do veí­cu­lo, sem to­car no pe­dal de tra­vão.

Es­tão dis­po­ní­veis três mo­dos de con­du­ção – Eco, Nor­mal ou Sport –, que atu­am em vá­ri­os pa­râ­me­tros, in­cluin­do ar con­di­ci­o­na­do, po­tên­cia efe­ti­va e de­sem­pe­nho de for­ma a per­mi­tir ao con­du­tor escolher en­tre con­du­ção des­por­ti­va ou con­du­ção eco­ló­gi­ca oti­mi­za­da.

Ga­le­ria de fo­tos em ne­go­ci­os.pt

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.