LUÍS ONOFRE

Jornal de Notícias - JN + Noticias Magazine - - ALMANAQUE -

De­sig­ner de cal­ça­do 47 anos VE­JO BEM... ❶ Fa­lar de nós é sem­pre mui­to di­fí­cil... O que ve­jo no es­pe­lho? Cri­a­ti­vi­da­de. Tem fei­to par­te do meu per­cur­so diá­rio: a ten­ta­ti­va de su­pe­ra­ção per­ma­nen­te. ❷ De­di­ca­ção. A tu­do. De­di­ca­do ao pro­je­to Luís Onofre en­quan­to mar­ca. ❸ Cui­dar da fa­mí­lia, mui­to es­pe­ci­al­men­te das mi­nhas três fi­lhas e do meu fi­lho, que nas­ceu re­cen­te­men­te. Não po­de­mos olhar pa­ra nós e não re­co­nhe­cer as nos­sas ori­gens: quem fo­mos e on­de che­ga­mos. É o que nos iden­ti­fi­ca. É o que nos dis­tin­gue. ❹ Sou per­sis­ten­te. Pro­cu­ro no­vas res­pos­tas. Os ne­gó­ci­os são ca­da vez mais com­ple­xos. Não ven­de­mos bo­tas no ve­rão, nem san­dá­li­as no in­ver­no.❺ Re­si­li­en­te no meu tra­ba­lho e em re­la­ção àqui­lo em que acre­di­to. Vou até ao fim se acre­di­to nas coi­sas. Te­nho pa­ci­ên­cia e es­pe­ro. VE­JO MAL... ❶ Ges­tão do tem­po. Em­pre­sá­rio, pai, pre­si­den­te da APICCAPS. É cer­to que o dia tem 24 ho­ras, mas a ges­tão do tem­po é par­ti­cu­lar­men­te di­fí­cil. ❷ Mui­to dis­traí­do ao vo­lan­te (o Go­o­gle Maps é uma gran­de in­ven­ção). Nor­mal­men­te, apro­vei­to a vi­a­gem do Por­to pa­ra Oli­vei­ra de Aze­méis pa­ra pen­sar em as­sun­tos de tra­ba­lho e dis­traio-me na con­du­ção. Mui­tos sus­tos e al­guns aci­den­tes na es­tra­da. ❸ Po­de pa­re­cer que an­do na lua, pa­re­ce que es­tou dis­traí­do, mas es­tou sem­pre a pen­sar em al­gu­ma coi­sa. ❹ Im­pa­ci­ên­cia pa­ra a in­ca­pa­ci­da­de de mu­dar um mun­do em mu­dan­ça. As al­te­ra­ções cli­ma­té­ri­cas são uma re­a­li­da­de, não cui­da­mos do pla­ne­ta e is­so tem im­pli­ca­ções na nos­sa vi­da diá­ria e na ati­vi­da­de profissional. Na fi­lei­ra da mo­da, e con­se­quen­te­men­te no cal­ça­do, au­men­tou a sa­zo­na­li­da­de. Te­mos de ser ain­da mais cri­a­ti­vos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.