Tor­re de Pi­sa já não é o que era

Jornal de Notícias - JN + Noticias Magazine - - Alma- Naque -

Po­de­mos nun­ca lá ter es­ta­do, mas to­dos co­nhe­ce­mos a Tor­re de Pi­sa, mui­to pe­lo fac­to de ser in­cli­na­da. O mo­nu­men­to me­di­e­val ita­li­a­no de 57 me­tros, cons­truí­do em 1173, foi qu­a­se sem­pre as­sim. Nos cin­co pri­mei­ros anos, co­me­çou a no­tar-se que ten­dia pa­ra um dos la­dos. Tu­do por­que o so­lo so­bre o qual foi er­gui­do é mais mo­le na par­te sul e, com o pe­so, o mo­nu­men­to aca­bou por ir afun­dan­do pa­ra es­se la­do. A fa­ma da in­cli­na­ção da tor­re che­gou lon­ge e po­pu­la­ri­za­ram-se as fo­tos de pes­so­as a “se­gu­rar” o edi­fí­cio. Con­tu­do, com o tem­po, o as­sun­to co­me­çou a fi­car sé­rio. Em 1990, a atra­ção tu­rís­ti­ca foi fe­cha­da ao pú­bli­co pe­la pri­mei­ra vez em 800 anos. Com uma in­cli­na­ção que já ia nos 4,5 me­tros, te­mia-se que pu­des­se cair a qual­quer mo­men­to. En­tão, ini­ci­a­ram-se tra­ba­lhos pa­ra de­vol­ver es­ta­bi­li­da­de ao mo­nu­men­to. Nos úl­ti­mos 20 anos, a tor­re en­di­rei­tou qua­tro cen­tí­me­tros e os en­ge­nhei­ros ga­ran­tem que já não cor­re pe­ri­go de der­ro­ca­da. Mas, de­pois de tan­tos anos (mais) in­cli­na­da, po­de so­frer uma cri­se de iden­ti­da­de.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.