Jornal de Notícias

Semana regista menos mortes, casos e internados

Só o índice de transmissi­bilidade subiu, de 0,87 para 0,88. Lisboa concentra metade dos casos

-

COVID-19 Portugal registou, na última semana, 95 943 casos e 239 mortes associadas à covid-19. O número de casos, mortes e internamen­tos mantém a tendência das últimas semanas e continua a diminuir.

De acordo com o relatório semanal da Direção-Geral da Saúde (DGS), publicado ontem, houve 95 943 contágios por covid-19 entre 14 e 20 de junho, o que reflete uma diminuição de 18 467 infeções em comparação com o registado no último balanço, referente ao período de 7 a 13 de junho.

Quase metade dos casos (47%) foram registados na região de Lisboa e Vale do Tejo (45 219 casos). Segue-se o Norte (22 401), o Centro (12 521), o Algarve (4821), o Alentejo (3916), os Açores (3558) e a Madeira (9507).

Todas as regiões viram o número de novos casos diminuir, à exceção do Algarve, que contabiliz­ou mais 332 novas infeções do que na semana de 7 e 13 de junho. O grupo etários onde se verificou uma maior prevalênci­a foi o dos 40 aos 49 anos, com 16 141 casos detetados.

Nos hospitais, estiveram 1743 doentes internados (menos 153) e 85 em Cuidados Intensivos (menos 13). Há a lamentar a morte de 239 pessoas, menos 17 face ao último relatório. A maioria das vítimas tinha 80 ou mais anos e vivia na região de Lisboa e Vale do Tejo. A incidência a sete dias por cem mil habitantes é de 932 casos (menos 15%) e o índice de transmissi­bilidade R(t) subiu de 0,87 para 0,88, sendo o único indicador que se agravou.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal