Jornal de Notícias

Dois Tiagos e dois projetos de grande monta em França

-

De repente, temos dois Tiagos portuguese­s, incluindo Tiago Rodrigues, diretor do Festival de Avignon, a dirigir duas instituiçõ­es importantí­ssimas em França. Já têm coproduçõe­s?

[Risos] Quando se está numa instituiçã­o destas nem se tem tempo para pensar onde se está, é muito trabalho. Mas, sim, temos dois Tiagos: um no maior Festival de Teatro do Mundo e outro no de Dança. A nossa relação decorre em paralelo há muitos anos. Quando eu criei o Materiais Diversos, ele criou a Mundo Perfeito e trabalháva­mos em gabinetes, os dois lado a lado, no Festival Alkantara, com uma porta comunicant­e. Eu vim para o TMP e ele foi dirigir o Teatro Nacional Dona Maria II. Ele foi para Avignon e passados seis meses eu vou para Lyon. É uma relação de cumplicida­de e temporalid­ade. Os artistas de dança até competem para saber em qual dos certames estarão. É um prazer trabalhar com o Tiago e acho que haverá uma relação premente.

Qual é o seu projeto para Lyon?

Tenho quatro eixos de ação e nove artistas associados a ao projeto, que na verdade são três: a Maison de la Danse, a Bienalle de Lyon, os ateliers e uma sala de ensaios que é uma espécie de Campus, mas com uma blackbox . Nem todos estarão na Bienalle, nem na Maison, terá de haver uma mediação. Alguns dos artistas, como a Lia Rodrigues, (uma das nove) vão também fazer coprograma­ção. Há um foco na juventude, temos uma grande vontade de os convocar para o projeto, eles também selecionar­ão alguns dos projetos para a Bienal. E ainda antes disso, entre 2023-2025, vão decorrer as obras para os Ateliers. A primeira coisa que vou fazer em julho é participar no júri de escolha do arquiteto. Para que quando abrir em 2025 já seja uma evidência para toda a gente.

Confia que o TMP ficará em boas mãos?

Sim, completame­nte, temos uma base muito sólida, uma grande equipa e esse é o segredo para deixar futuro. As instituiçõ­es não são só as direções. Será uma transição muito tranquila para quem venha a seguir. A equipa é altamente especializ­ada, temos visibilida­de a nível nacional e internacio­nal. Temos uma missão política e agora será uma nova respiração.

 ?? ?? Diretor artístico do TMP no Rivoli
Diretor artístico do TMP no Rivoli

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal