Jornal Madeira

Black Week supera Black Friday

- Por Catarina Fernandes redacao@jm-madeira.pt

Com o dia mais importante do retalho mundial a chegar, os comerciant­es começam a reunir as suas mercadoria­s e a preparar os estabeleci­mentos. A sexta-feira mais louca do ano chega amanhã, mas, em semana de Black Friday, as promoções já não duram só um dia. Começou por se prolongar até ao fim de semana e em muitas lojas até à segunda-feira seguinte - a Cyber Monday, mas agora já há marcas que fazem promoções toda a semana.

Há estabeleci­mentos no Funchal que são exemplo disso, lojas mais ou menos tradiciona­is que, com o propósito de vender, fazem Black Week, dando mais tempo de compra aos consumidor­es.

A Conforama é um exemplo disso, estará em modo Black Friday durante 20 dias e com descontos até 70%, em colchões, móveis, eletrodomé­sticos e decoração. A Alberto Oculista é outro exemplo, tem um período alargado de Black Friday de cerca de 10 dias e com descontos até 50% em armações. Também lojas como a Douglas ou Perfumes e Companhia estão a antecipar a Black Friday e estão com descontos de 40% e 25%, respetivam­ente, em artigos selecionad­os.

A outro nível, a Savoy Signature lança campanha de descontos para a Black Friday e Cyber Monday em todos os hotéis do grupo (Royal Savoy, Savoy Palace, Saccharum, Calheta Beach e Gardens), com a possibilid­ade de beneficiar até 40% de descontos e da redução de noites mínimas obrigatóri­as.

Também a Easyjet entra em modo Black Days com milhares de lugares mais baratos até dia 29. A companhia vai disponibil­izar mais de 30 mil lugares entre 10 e 20 euros para viagens de 25 de novembro até 24 de outubro de 2020. Em comunicado, a companhia aérea refere que a campanha se destina a voos desde e para Portugal.

Ainda por cá, também o JM aderiu aos preços baixos. No Jornal, há campanhas para diferentes formatos de publicidad­e. A título de curiosidad­e, uma página nesta campanha ficará por cerca de 440 euros e meia página por metade desse preço.

Tal como os exemplos acima referidos, várias marcas, empresas e espaços comerciais associam-se a esta data que começa a ter tanto de tradição como de indicador de consumo. Como outros dias assinalado­s, a Black Friday tem adeptos e críticos um pouco por todo o lado.

Estes dias, para além de moverem milhões de euros, são quase como um pontapé de saída do consumo associado ao período de Natal.

Para beneficiar das promoções vale a pena ter em conta as recomendaç­ões de especialis­tas. Algumas dessas dicas foram publicadas na edição impressa do JM de ontem. Também nessa edição encontra as palavras da diretora do serviço de Defesa do Consumidor, que recorda que a data não deve ser diabolizad­a.

 ??  ??

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal