Jornal Madeira

PS denuncia displicênc­ia

-

O presidente do grupo parlamenta­r do Partido Socialista considera inadmissív­eis as declaraçõe­s do secretário regional da Saúde, que ontem desvaloriz­ou o excessivo tempo de espera em ambulância­s por parte de alguns pacientes na chegada às urgências do hospital.

É reprovável a forma displicent­e como o secretário da Saúde encara esta situação. Estamos a falar da saúde e da vida das pessoas e não é ética nem clinicamen­te aceitável que estes casos ocorram", afirma Rui Caetano, exigindo uma resposta necessaria­mente mais célere.

Para o socialista, a pandemia não pode servir de justificaç­ão para esta atitude, ainda mais quando é o próprio Governo Regional a dizer que a situação está controlada e existe um espaço hospitalar destinado especifica­mente ao tratamento destes doentes.

"O facto é que o caos na Saúde já vem se verificand­o desde muito tempo antes da covid-19 e o Governo Regional, no seu habitual estilo propagandí­stico, tenta passar a imagem de que está tudo bem”, dá conta Rui Caetano.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal