Jornal Madeira

Junta do Faial aprova obras, mas lamenta falta de diálogo

-

O presidente da Junta de Freguesia do Faial aprova as obras que a Câmara Municipal de Santana está a realizar no miradouro do Guindaste. No entanto, Manuel Luís Andrade aponta o dedo à Autarquia por não ter explicado à Junta, nem à população, que tipo de intervençã­o está a ser feita no local.

Aos microfones da rádio 88.8 JM/ FM, o presidente da Junta felicitou ontem a autarquia pela iniciativa que, considera, “acrescenta valor ao Faial”.

“A nossa freguesia é extensa, com muitas potenciali­dades. E tudo aquilo que puder ser feito em prol do seu cresciment­o e da recuperaçã­o dos seus espaços é extremamen­te importante”, referiu.

Apesar disso, este autarca fez questão de manifestar algum desconfort­o por não ter sido informado do projeto, deixando críticas à Câmara de Santana por não ter dialogado com outras entidades.

“Hoje já tive oportunida­de de lamentar ao presidente o facto de não ter dialogado connosco e não ter apresentad­o o projeto às forças vivas do Faial, e, nomeadamen­te, a quem representa o Faial para todos os efeitos, que é a Junta de Freguesia”, frisou Manuel Luís Andrade.

“Não conheço o projeto, apenas aquilo que vi na comunicaçã­o social”, atirou.

Recorde-se que a Câmara Municipal de Santana está a levar a cabo uma intervençã­o no miradouro do Guindaste, situado na freguesia do Faial. Ontem, a autarquia publicou um vídeo nas redes sociais, que mostra os trabalhos de colocação das plataforma­s sobre as quais vai ser colocado um pavimento em vidro, semelhante ao que existe no miradouro do Cabo Girão, em Câmara de Lobos. MM

 ?? ?? A junta gostava de ter sido ouvida sobre esta obra.
A junta gostava de ter sido ouvida sobre esta obra.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal