SUGESTÕES DE PA­REN­TA­LI­DA­DE DE SI­LI­CON VAL­LEY

Máxima - - Realidades -

Os mes­mos ma­gos tec­no­ló­gi­cos que nos de­ram as re­des so­ci­ais têm um pla­no pa­ra im­pe­dir que os seus fi­lhos fi­quem vi­ci­a­dos ne­las. Aqui es­tão al­gu­mas re­gras se­gui­das pe­los pais de Si­li­con Val­ley, em 2018. Ba­nir os ecrãs até os seus fi­lhos se­rem ado­les­cen­tes, com 13 ou 14 anos, por exem­plo. Na­da de smartpho­nes. Na­da de ipads. É di­fí­cil por­que, ge­ral­men­te, is­so obri­ga os pais a cum­pri­rem as su­as pró­pri­as re­gras – pe­lo me­nos até as cri­an­ças es­ta­rem a dor­mir.

Se is­so for de­ma­si­a­do ra­di­cal, crie um “or­ça­men­to” de tem­po de ecrã: um pe­río­do li­mi­ta­do pa­ra as cri­an­ças po­de­rem es­tar on­li­ne. Com­pre uma ca­ma pa­ra o seu te­le­fo­ne. Is­to exis­te – ca­mas em mi­ni­a­tu­ra com len­çóis e edre­dões pa­ra dei­tar o seu dis­po­si­ti­vo du­ran­te a noi­te. Ar­ran­je um rou­ter com con­tro­los pa­ren­tais pa­ra o aces­so à In­ter­net ser im­pe­di­do após de­ter­mi­na­da ho­ra. Pre­pa­re-se pa­ra o fim dos tem­pos. Si­li­con Val­ley es­tá a cri­ar in­te­li­gên­cia ar­ti­fi­ci­al que, um dia, po­de não só rou­bar-lhe o em­pre­go, co­mo der­ru­bar o go­ver­no. Pa­ra se pre­pa­ra­rem pa­ra o apo­ca­lip­se, al­gu­mas es­co­las e até al­gu­mas start-ups or­ga­ni­zam acam­pa­men­tos de au­to-su­fi­ci­ên­cia: lar­gam os cam­pis­tas nu­ma zo­na sel­va­gem e dei­xam-nos en­tre­gues a si pró­pri­os e têm de cons­truir os seus pró­pri­os abri­gos e de vol­tar pa­ra ca­sa sem di­nhei­ro nem re­cur­so a tec­no­lo­gia.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.