5 Pi­la­res pa­ra vi­ver com mais saú­de

SA­BIA QUE EXIS­TEM DO­EN­ÇAS COM MAI­OR PRO­BA­BI­LI­DA­DE SE DE DE­SEN­VOL­VE­REM PAR­TI­CU­LAR­MEN­TE NOS HO­MENS E OU­TRAS QUE SE EN­CON­TRAM INE­VI­TA­VEL­MEN­TE AS­SO­CI­A­DAS AO SE­XO MAS­CU­LI­NO? FI­QUE ATEN­TO!

Men's Health (Portugal) - - Mh 100% Útil -

Do­en­ças car­di­o­vas­cu­la­res

De acor­do com a Ame­ri­can He­art As­so­ci­a­ti­on, 1 em ca­da 3 ho­mens adul­tos de­sen­vol­ve uma do­en­ça car­di­o­vas­cu­lar. A hi­per­ten­são ar­te­ri­al, ser fu­ma­dor, co­les­te­rol ele­va­do, ina­ti­vi­da­de fí­si­ca, excesso de pe­so, obe­si­da­de e di­a­be­tes são os prin­ci­pais fa­to­res de ris­co pa­ra o de­sen­vol­vi­men­to de uma do­en­ça car­día­ca.

SU­GES­TÃO: Mo­di­fi­que a sua ali­men­ta­ção! Evi­te os ali­men­tos ri­cos em sal e gor­du­ra sa­tu­ra­da e aposte nos ali­men­tos de ori­gem ve­ge­tal.

Pro­ble­mas he­pá­ti­cos

Os ho­mens são mais pro­pen­sos do que as mu­lhe­res a be­ber ex­ces­si­va­men­te. Es­te con­su­mo es­tá as­so­ci­a­do a gra­ves ris­cos pa­ra a saú­de, ris­cos es­ses que au­men­tam à me­di­da que a quan­ti­da­de de bebida au­men­ta. O uso ex­ces­si­vo de ál­co­ol po­de in­ter­fe­rir com a fun­ção tes­ti­cu­lar e pro­du­ção de hor­mo­nas, re­sul­tan­do em pro­ble­mas co­mo im­po­tên­cia, in­fer­ti­li­da­de e re­du­ção das ca­rac­te­rís­ti­cas mas­cu­li­nas, co­mo os pe­los fa­ci­ais e no pei­to. O con­su­mo de ál­co­ol au­men­ta o ris­co de can­cro de bo­ca, gar­gan­ta, esô­fa­go, fí­ga­do e có­lon em ho­mens.

SU­GES­TÃO: Se in­ge­re be­bi­das al­coó­li­cas, be­ba com mo­de­ra­ção e li­mi­te a sua in­ges­tão pa­ra no má­xi­mo 2 co­pos de vi­nho tin­to por dia, de pre­fe­rên­cia às re­fei­ções (no ca­so das mu­lhe­res o li­mi­te se­rá pa­ra 1 co­po de vi­nho tin­to por dia).

Can­cro do pul­mão

As do­en­ças res­pi­ra­tó­ri­as e, em des­ta­que, o can­cro do pul­mão são mais pre­va­len­tes nos in­di­ví­du­os do gé­ne­ro mas­cu­li­no e de ra­ça negra. Sa­be-se que o ta­ba­gis­mo é o prin­ci­pal fa­tor de ris­co, con­tri­buin­do pa­ra cer­ca de 85% das mor­tes por can­cro do pul­mão. Os ho­mens que fu­mam são 23 ve­zes mais pro­pen­sos a de­sen­vol­ver can­cro de pul­mão.

SU­GES­TÃO: Dei­xe de fu­mar! Aposte num su­ple­men­to ali­men­tar à ba­se de vitaminas, mi­ne­rais e fi­to­nu­tri­en­tes an­ti­o­xi­dan­tes e atue na pre­ven­ção de ne­o­pla­si­as e no com­ba­te aos efei­tos no­ci­vos pro­vo­ca­dos pe­la ele­va­da ex­po­si­ção à po­lui­ção e me­tais pe­sa­dos.

Can­cro da prós­ta­ta

O can­cro da prós­ta­ta é a se­gun­da prin­ci­pal cau­sa de mor­te por can­cro no ho­mem, a se­guir ao can­cro do pul­mão. É in­clu­si­va­men­te a ne­o­pla­sia mais fre­quen­te no ho­mem de mais de 50 anos, sen­do a ida­de e o his­to­ri­al fa­mi­li­ar os dois prin­ci­pais fa­to­res de ris­co as­so­ci­a­dos.

Uma di­e­ta equi­li­bra­da e a prá­ti­ca re­gu­lar de exer­cí­cio físico con­tri­bu­em pa­ra a ma­nu­ten­ção de um pe­so sau­dá­vel, me­lho­ria do bem-es­tar ge­ral e pre­ven­ção de outros pro­ble­mas de saú­de, co­mo di­a­be­tes, do­en­ças car­día­cas e ou­ros ti­pos de can­cro.

SU­GES­TÃO: Man­te­nha-se ativo! Pra­ti­que ati­vi­da­de fí­si­ca re­gu­lar­men­te e ado­te uma ali­men­ta­ção sau­dá­vel.

Dis­fun­ção eré­til

Exis­tem mui­tas cau­sas pos­sí­veis pa­ra a dis­fun­ção eré­til, nas quais se in­clu­em trans­tor­nos emo­ci­o­nais e fí­si­cos co­mo: excesso de pe­so, an­si­e­da­de, do­en­ças car­di­o­vas­cu­la­res, di­a­be­tes, hi­per­ten­são, en­tre ou­tras. Vá­ri­os es­tu­dos cor­re­la­ci­o­nam o ta­ba­gis­mo e o uso de dro­gas ilí­ci­tas co­mo cau­sa de dis­fun­ção eré­til em ho­mens com ida­de in­fe­ri­or a 40 anos. Es­tes da­dos su­ge­rem que as es­co­lhas ao ní­vel do es­ti­lo de vi­da cons­ti­tu­em um fa­tor prin­ci­pal pa­ra a pre­ven­ção des­tas ocor­rên­ci­as.

SU­GES­TÃO: Se pre­ten­de pre­ve­nir co­me­ce por mo­di­fi­car o seu es­ti­lo de vi­da!

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.