O Jogo

Inspiração de Ava faz sorrir o grupo

“O Valadares foi o meu primeiro emblema feminino e tenho plena confiança na equipa técnica e no clube, a quem estou muito grata” Ava Seelenfreu­nd assinou dois golos na vitória do Torreense diante do Ouriense, por 3-2, na última jornada

-

“O futebol feminino em Portugal está a crescer e a melhorar a cada ano”

“A minha família sempre me apoiou desde o primeiro dia. Serei sempre grata pelos sacrifício­s que fizeram”

sua realidade, mas ainda há tempo para ser jovem?

—Considero que ser uma estudante-atleta exige muita dedicação, já que é complicado encontrar tempo para tudo o que é necessário ao longo do dia. É preciso ter uma mentalidad­e muito forte para lidar com isso. Por vezes, pode não ser possível realizar todas as tarefas, mas o importante é tentar. Acima de tudo, é crucial gerir as atividades de forma a evitar o stress ou o esgotament­o.

Sente que tem um futuro promissor no futebol?

—Atualmente, estou totalmente concentrad­a e focada no presente. Contudo, para o meu futuro, alimento o sonho de jogar em grandes palcos e vestir a camisola uma equipa de renome. Este é e sempre foi o meu sonho desde a infância.

A avançado norte-americana de 24 anos, que chegou ao emblema de Torres Vedras no mercado de inverno, soma cinco golos em oito jogos e assume que atravessa um bom momento na carreira.

JOÃO FERNANDO VIEIRA

Foi com um golo ao cair do pano que o Torreense venceu no reduto do Ouriense, por 3-2, em jogo a contar para a jornada 18 da Liga BPI, consolidan­do assim o oitavo lugar na tabela classifica­tiva. “Foi uma partida muito intensa. Jogar fora de casa é sempre difícil, mas conseguimo­s impor o nosso ritmo e criar inúmeras oportunida­des de golo. Entrámos fortes e mantivemos a concentraç­ão”, analisa Ava Seelenfreu­nd, avançado de 24 anos que foi o grande destaque da partida ao apontar dois golos e dar a vitória às azuis-grená. “É sempre emocionant­e marcar, mas neste jogo, em particular, foi algo verdadeira­mente especial. Além disso, foi uma jogada coletiva exemplar, o que tornou a celebração ainda mais memorável. Foi um momento feliz”.

Ajogadoran­orte-americana, que chegou a Torres Vedras no mercado de inverno provenient­e do Brown Bears, teve impacto imediato na formação de Gonçalo Nunes. Com cinco golos em oito jogos, a avançado assegura estar a atravessar um excelente momento de forma e ambiciona ainda mais. “Sinto-me muito confiante e entusiasma­da com o que se avizinha. Apesar de estar aqui há apenas alguns meses, estou a entrar num bom ritmo e sinto que a minha performanc­e está apenas a começar a atingir o patamar desejado. O ambiente nos treinos tem sido muito benéfico para a confiança e para nos prepararmo­s para cada jogo. Não só sinto um impulso positivo, como acredito que a equipa também o partilha”, garante Ava.

 ?? ??

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal