O Jogo

Raphinha salvador a passe de Félix

Mesmo em superiorid­ade numérica, o Barcelona sofreu para bater o Las Palmas por 1-0

- ANTÓNIO PIRES

Um passe fantástico de João Félix, que encontrou a cabeça de Raphinha, permitiu ao Barcelona ganhar ao Las Palmas, por 1-0, e colocar-se a cinco pontos de distância do líder Real Madrid. O lance teve lugar aos 59’ e Félix surpreende­u a defesa dos insulares colocando a bola na área com um passe picado enquanto olhava para o outro lado. Raphinha, na cara do guardião, atirou colocado junto ao poste.

Raphinha, diga-se, já tinha visto um golo seu anulado, aos 19’, numa interpreta­ção muito discutível da lei do fora de jogo. Num contra-ataque, Yamal inicialmen­te adiantado, acabaria por intervir na jogada já depois de um corte de um defesa e assistiu o internacio­nal brasileiro. Este seria também decisivo aos 24’, ao provocar a expulsão do guarda-redes Valles, que travou o avançado que seguia isolado.

Mesmo em superiorid­ade numérica, a equipa catalã, que contou de início com Cancelo, mostrou dificuldad­es para chegar ao golo. Félix podia ter acabado com o jogo aos 78’, mas com tudo a seu favor atirou à barra e instantes depois foi por pouco que Moleiro não silenciou o estádio, mas atirou às malhas laterais.

Em Getafe, o Sevilha impôsse por 1-0 com um golo de Sergio Ramos, mas a partida ficaria marcada por insultos racistas dirigidos ao treinador Quique Flores e ao jogador argentino Acuña, ambos dos andaluzes. Das bancadas ouviram-se cânticos “Acuña macaco” que levaram o árbitro a interrompe­r o jogo por alguns minutos. Após a partida, Quique Flores revelou que também ouviu gritos de “cigano”, explicando: “Uma coisa é ser cigano, outra é que digam isso como insulto racista”.

 ?? ?? Raphinha agradece a João Félix pela grande assistênci­a
Raphinha agradece a João Félix pela grande assistênci­a

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal