Ana Pau­la Pi­nho, Adão Ocu­lis­ta, Por­to

OftalPro - - REPORTAGEM -

“Não ou­ço mui­ta mú­si­ca, só no car­ro à vin­da e ida do tra­ba­lho. Na lo­ja, a mú­si­ca es­tá sem­pre li­ga­da, mas co­mo não gos­to de mú­si­ca – por mais es­tra­nho que pa­re­ça – des­li­go o ca­nal do cé­re­bro que se con­cen­tra na mú­si­ca. Por nor­ma, te­nho que ter a mú­si­ca sem­pre li­ga­da, por­que em ge­ral to­da a gen­te gos­ta… é uma for­ma de dis­tra­ção e uma que­bra do pe­so do si­lên­cio.”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.