Um ano azul

PC Guia - - PRIMEIRA PÁGINA -

O fu­tu­ro. Es­se con­cei­to es­qui­vo e inú­til que nos (des)ilu­de de acor­do com as nos­sas ex­pec­ta­ti­vas no pre­sen­te. Ten­ta­mos ima­gi­nar o fu­tu­ro mas nun­ca acer­ta­mos: ele acon­te­ce en­tre o pos­sí­vel e o que fa­ze­mos de­le. Por is­so a nos­sa ima­gem do que es­tá por vir se­rá sem­pre mais fan­tás­ti­ca do que a re­a­li­da­de. Bas­ta só olhar pa­ra to­dos os fu­tu­ros pos­sí­veis que de­ve­ría­mos vi­ver ago­ra, na vi­são de al­guns li­vros, fil­mes e fú­teis fu­tu­ris­tas.

Pa­ra adi­vi­nhar o fu­tu­ro te­mos de co­nhe­cer o pas­sa­do: há 10 anos a Ama­zon ti­nha per­di­do dois mil mi­lhões a ven­der li­vros, as news­groups e o mIRC eram o Fa­ce­bo­ok da al­tu­ra, a Mi­cro­soft lan­ça­va uma edi­ção do Win­dows pa­ra Tablet PCs e di­zia-se que o RFID se­ria de uso cor­ren­te. O mo­te das re­la­ções on­li­ne era a dis­cus­são e não a par­ti­lha. Se ca­lhar, o pas­sa­do não é as­sim tão boa re­fe­rên­cia.

Nes­se ano, Mi­cha­el Lang­berg dis­se que em 2012 te­ría­mos a pos­si­bi­li­da­de de gra­var pro­gra­mas de te­le­vi­são por ca­bo em ba­ra­tos dis­cos rí­gi­dos de 1 Te­ra, e nós é que es­co­lhe­ría­mos a nos­sa pro­gra­ma­ção; a Internet es­ta­ria em to­da a par­te e to­da a gen­te sa­be­ria sem­pre on­de es­ta­mos. Na­da mau, só fa­lhou na pre­vi­são (que man­tém des­de 1992) de que fa­la­ría­mos com os nos­sos dis­po­si­ti­vos: eu fa­lo, mas é mais à ba­se de pa­la­vrões e in­vec­ti­vas.

Pa­ra 2013 já sa­be­mos al­gu­mas coi­sas: a cor é o Mo­na­co Blue (Pan­to­ne dixit), e di­vi­di­re­mos a nos­sa aten­ção por qua­tro dis­po­si­ti­vos diferentes: a TV, o PC, o tablet e o te­le­mó­vel, mui­tas ve­zes em si­mul­tâ­neo. Va­mos to­car mais ve­zes em ecrãs do que em pes­so­as. E aque­la sen­sa­ção, tão bem des­cri­ta pe­lo mes­tre Dou­glas Cou­pland, só vai au­men­tar:

“You’lls­pen­da­lo­tofyour­ti­me­fe­e­lin­gli­ke ado­gle­ashed­to­a­po­le­out­si­dethe­gro­cery sto­re–se­pa­ra­ti­o­nan­xi­etywill­be­co­meyour per­ma­nents­ta­te.” Bem-vin­dos ao fu­tu­ro.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.