BLO­GUES DO SA­PO 1

O ser­vi­ço de alo­ja­men­to de blo­gues do ser­vi­ço Sa­po per­ten­cen­te à Por­tu­gal Te­le­com foi cri­a­do em 2003 e, se­gun­do a em­pre­sa, al­ber­ga mais de 400 mil blo­gues. Na sua pre­sen­te ver­são, o ser­vi­ço Sa­po Blogs ofe­re­ce mui­tas no­vas fun­ci­o­na­li­da­des e ain­da 83 mo­de­lo

PC Guia - - CAPA -

Se qui­ser usar a pla­ta­for­ma de blo­gues do Sa­po, a pri­mei­ra coi­sa a fa­zer é cri­ar uma con­ta no Sa­po. Es­ta con­ta per­mi­te, além do aces­so à pla­ta­for­ma de blo­gues, o aces­so a to­dos os ou­tros ser­vi­ços , co­mo por exem­plo o Sa­po Fo­tos ou o Sa­po Vou­cher. Po­de usar as cre­den­ci­ais de aces­so a vá­ri­as re­des so­ci­ais e ser­vi­ços co­mo, Fa­ce­bo­ok , Win­dows Li­ve, Go­o­gle+ e Twit­ter. Po­de tam­bém usar o Car­tão do Ci­da­dão, mas pa­ra tal te­rá de ter um leitor de car­tões li­ga­do ao com­pu­ta­dor que usar pa­ra ace­der ao ser­vi­ço. Se qui­ser cri­ar um aces­so do ze­ro te­rá de in­se­rir o en­de­re­ço de e-mail que qui­ser usar. O sis­te­ma obri­ga o uti­li­za­dor a cri­ar uma pa­la­vra-pas­se for­te que in­clua le­tras maiús­cu­las e mi­nús­cu­las, al­ga­ris­mos e ca­rac­te­res es­pe­ci­ais co­mo pon­tos de ex­cla­ma­ção. Sem fa­zer is­to, o sis­te­ma não o dei­xa pros­se­guir.

2 Após cri­ar o aces­so, che­ga a al­tu­ra de cri­ar o seu blo­gue. Nes­ta al­tu­ra te­rá de es­co­lher um URL, ou se­ja, o en­de­re­ço de In­ter­net do seu blo­gue. Se não ti­ver um do­mí­nio pró­prio, o en­de­re­ço do seu blo­gue aca­ba­rá sem­pre em “.blogs.sa­po.pt”. No nos­so ca­so, criá­mos um blo­gue cha­ma­do te­ma­de­ca­pa.blogs.sa­po.pt. De se­gui­da te­rá de dar um no­me ao blo­gue. Não é ne­ces­sá­rio es­co­lher um no­me se­me­lhan­te ao URL, mas aju­da as pes­so­as a en­con­trar as su­as pu­bli­ca­ções. De­pois es­co­lhe uma iden­ti­fi­ca­ção que vai apa­re­cer jun­to aos seus ar­ti­gos. Fi­nal­men­te, in­si­ra os ca­rac­te­res que vê no “capt­cha”, que ser­ve pa­ra dis­tin­guir os robôs dos uti­li­za­do­res hu­ma­nos. Acei­te os ter­mos de uti­li­za­ção e cli­que em ‘Cri­ar Blog’.

3 De se­gui­da se­rá trans­por­ta­do pa­ra o seu pai­nel de con­tro­lo, on­de po­de fa­zer uma pri­mei­ra pu­bli­ca­ção ou edi­tar o seu no­vo blo­gue.

4 Se op­tar pe­la pri­mei­ra op­ção, cli­que em ‘No­vo post’ pa­ra fa­zer apa­re­cer o edi­tor. Se re­pa­rar, es­te edi­tor é se­me­lhan­te ao de um pro­ces­sa­dor de tex­to tí­pi­co, com con­tro­los de for­ma­ta­ção de tex­to, pa­rá­gra­fo e in­ser­ção de ima­gens, ví­de­os e ou­tros fi­chei­ros. Aqui po­de es­cre­ver co­mo qui­ser. O edi­tor de tex­to do Sa­po Blogs in­clui um cor­rec­tor or­to­grá­fi­co pa­ra ve­ri­fi­car o seu Por­tu­guês. Bas­ta cli­car no bo­tão que tem um vis­to e as le­tras ABC.

5 Se qui­ser in­se­rir uma ima­gem no seu ar­ti­go, cli­que no bo­tão ‘Ima­gens’. Na pri­mei­ra vez que o fi­zer te­rá de se re­gis­tar num ser­vi­ço de alo­ja­men­to que po­de ser o Sa­po Fo­tos, o Meo Cloud, o Fli­kr ou, se já ti­ver um alo­ja­men­to de ima­gens, po­de­rá in­se­rir di­rec­ta­men­teo en­de­re­ço URL da ima­gem que quer usar. As­sim que car­re­gar a ima­gem po­de es­co­lher o ta­ma­nho a usar e o ali­nha­men­to no ar­ti­go. Con­vém usar um ta­ma­nho de ima­gem que cai­ba den­tro da pá­gi­na: no iní­cio é um pou­co di­fí­cil, mas à me­di­da que vai usan­do o sis­te­ma apren­de a es­co­lher os me­lho­res ta­ma­nhos de ima­gem con­so­an­te o efei­to que quer ob­ter.

6 Se qui­ser in­se­rir um link pa­ra ou­tro si­te, blo­gue ou mes­mo pa­ra ou­tro ar­ti­go do seu blo­gue, se­lec­ci­o­ne a pa­la­vra que quer usar co­mo link e cli­que no bo­tão que tem a cor­ren­te que es­tá na pri­mei­ra fi­la de bo­tões no edi­tor. Is­to abre uma ja­ne­la on­de po­de­rá in­se­rir o URL da pá­gi­na pa­ra on­de quer li­gar o seu blo­gue, es­co­lher o tex­to a exi­bir e se quer que o link abra pa­ra a mes­ma ja­ne­la ou nu­ma ja­ne­la no­va. Se qui­ser re­mo­ver um link, es­co­lha a pa­la­vra que o con­tém e cli­que no bo­tão que tem um elo par­ti­do.

7 Pa­ra pu­bli­car o seu pri­mei­ro ar­ti­go res­ta in­se­rir as tags. As tags são pa­la­vras-cha­ve que per­mi­tem aos mo­to­res de bus­ca in­de­xa­rem cor­rec­ta­men­te os seus ar­ti­gos. As pa­la­vras-cha­ve têm de ter que ver com o tex­to e o tí­tu­lo pa­ra que os mo­to­res de bus­ca iden­ti­fi­quem cor­rec­ta­men­te o con­teú­do. De­pois po­de agen­dar a pu­bli­ca­ção pa­ra um dia e ho­ra es­pe­cí­fi­cos e se o ar­ti­go é pri­va­do ou pú­bli­co. Se não qui­ser es­cre­ver tu­do de uma vez cli­que no bo­tão ‘Ras­cu­nho’ pa­ra guar­dar o seu ar­ti­go co­mo ras­cu­nho, pa­ra po­der vol­tar a edi­tá-lo. Po­de tam­bém ver co­mo o ar­ti­go vai apa­re­cer na pá­gi­na clicando em ‘Pré-vi­su­a­li­zar’. Pa­ra pu­bli­car o ar­ti­go só fal­ta cli­car no bo­tão ‘Pu­bli­car’. O ar­ti­go apa­re­ce­rá no seu blo­gue.

8 Se op­tar por edi­tar o as­pec­to do seu blo­gue, cli­que no bo­tão ‘Edi­ção’ que apa­re­ce no ecrã on­de es­tão lis­ta­dos to­dos os seus blo­gues. De­pois cli­que em ‘Edi­ção’ e de­pois em ‘Tem­pla­te’ pa­ra es­co­lher um te­ma pa­ra o seu blo­gue de en­tre os mais de 80 dis­po­ní­veis.

9 No ecrã de edi­ção do blo­gue po­de ain­da de­fi­nir quem po­de ver o seu blo­gue, se per­mi­te co­men­tá­ri­os aos ar­ti­gos, etc. Po­de tam­bém de­fi­nir um do­mí­nio pró­prio pa­ra dar uma iden­ti­da­de vin­ca­da ao seu blo­gue, edi­tar a for­ma co­mo os vá­ri­os mó­du­los de con­teú­do apa­re­cem nas pá­gi­nas ou edi­tar o CSS que de­fi­ne to­dos os as­pec­tos de de­sign do blo­gue. Nes­te ca­so te­rá de ter co­nhe­ci­men­tos de CSS pa­ra ob­ter os me­lho­res re­sul­ta­dos. In­fe­liz­men­te não te­mos es­pa­ço pa­ra ir mais a fun­do nas op­ções de per­so­na­li­za­ção. No en­tan­to, fi­ca com o mí­ni­mo e in­dis­pen­sá­vel pa­ra cri­ar o seu pri­mei­ro blo­gue.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.