Ri­car­do Du­rand

PC Guia - - EDITORIAL -

Já an­da­va a des­con­fi­ar há al­gum tem­po, mas o cli­que deu-se du­ran­te os três di­as em que es­ti­ve no Mó­na­co, a con­vi­te da Sam­sung, pa­ra ver as mais re­cen­tes tec­no­lo­gi­as da mar­ca apli­ca­das a elec­tro­do­més­ti­cos. Ago­ra es­tou cer­to de uma coi­sa: o pro­gres­so tec­no­ló­gi­co po­de sim­pli­fi­car-nos a vi­da, co­mo é ób­vio, mas vai tor­nar a Hu­ma­ni­da­de mais es­tú­pi­da. A jus­ti­fi­ca­ção é sim­ples e con­ta-se em pou­cas pa­la­vras – vai che­gar a al­tu­ra em que os elec­tro­do­més­ti­cos (e não só) vão fa­zer tu­do por nós. Se­rá mui­to bom ter um fri­go­rí­fi­co que nos dá re­cei­tas com ba­se no que te­mos guar­da­do den­tro de­le e vai ser fan­tás­ti­co ter uma má­qui­na de la­var rou­pa que nos en­via men­sa­gens pa­ra o smartpho­ne. São coi­sas mui­to vá­li­das e que nos vão dar mui­ta paz de es­pí­ri­to em 2020, so­bre­tu­do quan­do nos li­mi­tar­mos a es­tar sen­ta­dos nu­ma ca­dei­ra o dia to­do, com ba­ti­dos e fa­ti­as de pizza na mão. Tu­do fei­to por dois bra­ços ro­bó­ti­cos que va­mos ter na co­zi­nha, cla­ro, uma ino­va­ção que es­tá pres­tes a che­gar pe­las mãos da Mo­ley. Gi­ná­si­os, só em re­a­li­da­de vir­tu­al, com o Ocu­lus Rift. Quan­do sair­mos de ca­sa, vai ser no nos­so au­to­mó­vel au­tó­no­mo da Go­o­gle e as­sim que che­gar­mos ao tra­ba­lho já te­mos o ca­fé fei­to na Pro­di­gio da Nes­pres­so, com a or­dem da­da atra­vés do smartpho­ne. De­pois de uma reu­nião, as ca­dei­ras da Nis­san ar­ru­mam-se so­zi­nhas, o que nos vai dar mais tem­po pa­ra es­tar no Fa­ce­bo­ok. E quan­do es­ti­ver no ae­ro­por­to, não se pre­o­cu­pe com a sua ma­la: se for uma Blu­es­mart ela vai se­gui-lo por to­do o la­do, uma vez que se li­ga ao smartpho­ne por Blu­e­to­oth. Pe­na é nes­sa al­tu­ra es­tar­mos to­dos 200 Kg e não po­der­mos des­fru­tar em gran­de es­ti­lo des­te ad­mi­rá­vel mun­do no­vo.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.