CO­O­LERMAS­TER STORM QUICKFI­RE XTI

PC Guia - - LAB -

Pa­ra um adep­to de vi­de­o­jo­gos, um te­cla­do me­câ­ni­co se­rá sem­pre um in­ves­ti­men­to que es­ta­rá na sua lis­ta de pri­o­ri­da­des, não só por se tra­tar de um pe­ri­fé­ri­co mais re­sis­ten­te, uma vez que os te­cla­dos me­câ­ni­cos uti­li­zam bo­tões cer­ti­fi­ca­dos pa­ra mi­lhões de cli­ques, mas tam­bém pe­lo fun­ci­o­na­men­to mais rá­pi­do e pre­ci­so que um te­cla­do tra­di­ci­o­nal de mem­bra­na. Con­tu­do, es­te in­ves­ti­men­to po­de­rá, por ve­zes, não cor­res­pon­der às ele­va­das ex­pec­ta­ti­vas, pois ao con­trá­rio dos te­cla­dos de mem­bra­nas, um te­cla­do me­câ­ni­co ten­de a ser mais des­con­for­tá­vel pa­ra uma uti­li­za­ção quo­ti­di­a­na, que im­pli­que lon­gas ho­ras de uti­li­za­ção con­tí­nua. Foi a pen­sar nos adep­tos de vi­de­o­jo­gos que a Co­o­ler Mas­ter lan­çou o no­vo Storm QuickFi­re XTi, um te­cla­do que uti­li­za os re­co­nhe­ci­dos bo­tões Cher­ry MX (o te­cla­do tes­ta­do vi­nha equi­pa­do com bo­tões ‘Brown’), que têm uma cer­ti­fi­ca­ção de uso pa­ra cin­quen­ta mi­lhões de cli­ques, com a par­ti­cu­la­ri­da­de de to­das as te­clas pos­suí­rem um sis­te­ma de re­troi­lu­mi­na­ção que co­bre um pa­drão de 35 co­res, atra­vés da mis­tu­ra de LED co­lo­ri­dos em azul e ver­me­lho. A van­ta­gem des­te sis­te­ma da Co­o­ler Mas­ter é que tu­do is­to po­de­rá ser ge­ri­do no pró­prio te­cla­do, sem exi­gir a ins­ta­la­ção de soft­ware pro­pri­e­tá­rio no sis­te­ma ope­ra­ti­vo do seu com­pu­ta­dor. Es­te sis­te­ma de ilu­mi­na­ção po­de­rá fun­ci­o­nar em di­ver­sos mo­dos, co­mo o de ar­ras­ta­men­to ou fan­tas­ma, on­de as úl­ti­mas te­clas pre­mi­das se man­têm li­ga­das al­guns se­gun­dos, po­den­do até cri­ar zo­nas es­pe­cí­fi­cas com ilu­mi­na­ção pró­pria, co­mo tor­nar as te­clas WASD com fun­do en­car­na­do, fi­can­do as res­tan­tes com fun­do azul, ide­al pa­ra adep­tos de jo­gos do ti­po FPS (First Per­son Sho­o­ter). Ape­sar de usar te­clas me­câ­ni­cas, a di­men­são do te­cla­do é bas­tan­te com­pac­ta, mui­to em­bo­ra o mes­mo não se pos­sa di­zer do pe­so, sen­do o Storm QuickFi­re XTi no mí­ni­mo… ro­bus­to, com os seus 1,114 kg. Pa­ra se li­gar ao PC, a Co­o­ler Mas­ter op­tou por usar um ca­bo de me­tro e meio de com­pri­men­to, com o ha­bi­tu­al aca­ba­men­to em ma­lha e pon­tas ba­nha­das a ou­ro, pa­ra ga­ran­tir um me­lhor con­tac­to, sen­do a li­ga­ção ao pró­prio te­cla­do uma fi­cha em Mi­cro USB re­mo­ví­vel, per­mi­tin­do as­sim que o ca­bo pos­sa ser ar­ru­ma­do nu­ma das três ma­nei­ras dis­po­ní­veis. Em ter­mos de de­sem­pe­nho, o fac­to de o mo­de­lo de tes­te vir equi­pa­do com os bo­tões Cher­ry MX Brown sig­ni­fi­ca que não te­rá um fun­ci­o­na­men­to exa­ge­ra­da­men­te du­ro co­mo nas ver­sões Red e Black, per­mi­tin­do as­sim uma uti­li­za­ção quo­ti­di­a­na um pou­co mais con­for­tá­vel que es­tes, sem que is­so im­pli­que uma per­da de efi­cá­cia e de­sem­pe­nho. Só tem um as­pec­to ne­ga­ti­vo, o ele­va­do pre­ço, es­pe­ci­al­men­te se ti­ver­mos em con­ta que a pró­pria Co­o­ler Mas­ter ven­de um te­cla­do igual, mas sem re­troi­lu­mi­na­ção, o QuickFi­re XT, por me­nos 60 eu­ros. Dá que pen­sar. G.D.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.