NINTENDO NES CLAS­SIC MI­NI

Em 1985 nas­ceu um dos mai­o­res íco­nes da his­tó­ria dos vi­de­o­jo­gos, a Nintendo En­ter­tain­ment Sys­tem. Ago­ra, 31 anos de­pois re­nas­ce, mais pe­que­na, mas tão di­ver­ti­da co­mo an­tes.

PC Guia - - PLAY -

ANES foi re­vo­lu­ci­o­ná­ria a vá­ri­os ní­veis, a co­me­çar pelo fac­to de ter si­do a pri­mei­ra a ter um mo­de­lo de ne­gó­cio que per­mi­tiu a pro­gra­ma­do­res, ex­ter­nos ao fa­bri­can­te do hard­ware, de­se­nhar e ven­der tí­tu­los pa­ra a con­so­la. tam­bém esta con­so­la que fez com que Má­rio, o ca­na­li­za­dor ita­li­a­no, se tor­nas­se uma das mais co­nhe­ci­das per­so­na­gens de vi­de­o­jo­gos e não só. A NES foi vendida de 1985 até 2008. Con­se­guiu até a pro­e­za de es­tar à ven­da ao mes­mo tem­po que a con­so­la que lhe su­ce­deu, a Su­per Nintendo, e so­bre­vi­ver-lhe, já que esta dei­xou de ser vendida em 2003. ime­di­a­to. Ao con­trá­rio do que acon­te­cia na NES ori­gi­nal, po­de ir-se gra­van­do a pro­gres­são em ca­da jo­go. Quan­do se quer sair do mes­mo há um bo­tão na con­so­la que nos trans­por­ta pa­ra a in­ter­fa­ce prin­ci­pal. As con­fi­gu­ra­ções re­su­mem-se a es­co­lher o ti­po de ima­gem en­tre o 4:3, que emu­la o as­pec­to de ecrã da NES, e o CRT, que in­clui as li­nhas que se vi­am nas TV an­ti­gas.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.