Sko­da Ka­roq BMW X4 Jaguar E-Pa­ce

O no­vo Sko­da Ka­roq po­de ter per­di­do par­te da per­so­na­li­da­de do seu an­te­ces­sor, mas re­ve­lou ser um au­to­mó­vel su­pe­ri­or em tu­do o res­to, fa­ce ao Sko­da Ye­ti que subs­ti­tui.

PC Guia - - CONTENTS - POR GUSTAVO DI­AS

Não foi fá­cil pa­ra a Sko­da subs­ti­tuir o Ye­ti, vis­to ter si­do um mo­de­lo es­tra­nha­men­te apre­ci­a­do por mui­tos, de­vi­do às su­as ca­pa­ci­da­des e per­so­na­li­da­de úni­ca. Com o fim des­te mo­de­lo, a Sko­da pre­ci­sa­va de pre­en­cher es­se va­zio, que não po­de­ria ser ocu­pa­do pe­lo Ko­di­aq. As­sim, a Sko­da re­cor­reu à mes­ma pla­ta­for­ma mo­du­lar MQB, que os res­tan­tes mo­de­los equi­pa­rá­veis do Gru­po Volkswa­gen, re­sul­tan­do num SUV de seg­men­to C que tem bri­lhan­tes ar­gu­men­tos pa­ra rivalizar com os lí­de­res de mer­ca­do, co­mo o Nis­san Qashqai, Peu­ge­ot 3008 e Se­at Aro­na. Em­bo­ra do mes­mo gru­po, o Sko­da Ka­roq re­ve­lou ser mais com­pac­to que o Ti­guan, tor­nan­do a sua con­du­ção mais ágil, mas me­nos des­por­ti­vo que o Se­at Ate­ca, pri­vi­le­gi­an­do as­sim o con­for­to de to­dos os ocu­pan­tes, sem p pre­ju­di­car j o bom com­por­ta­men­to p di­nâ­mi­co re­gis­ta­do. g

VER­SA­TI­LI­DA­DE

A ver­sa­ti­li­da­de sem­pre foi si­nó­ni­mo dos mo­de­los Sko­da, e o Ka­roq não fo­ge à re­gra. Co­mo tal, não nos sur­pre­en­deu en­con­trar so­lu­ções úteis co­mo os ban­cos tra­sei­ros Va­ri­oF­lex que per­mi­tem ajus­tar a vo­lu­me­tria da ba­ga­gei­ra, sis­te­ma de ca­lhas com ca­bi­des na ba­ga­gei­ra, bem co­mo uma lan­ter­na LED re­mo­ví­vel nes­se mes­mo com­par­ti­men­to. Já nas por­tas vai en­con­trar es­pa­ço pa­ra ar­ru­mar até gar­ra­fas de 1,5 li­tros, um vo­lu­mo­so es­pa­ço de ar­ru­ma­ção na con­so­la cen­tral e uma pe­cu­li­ar me­sa ajus­tá­vel por de­trás dos ban­cos di­an­tei­ros. Des­ta­que ain­da pa­ra o sis­te­ma de in­fo­en­tre­te­ni­men­to com ecrã tác­til que po­de ser de 9,2 po­le­ga­das, bem co­mo com­pa­ti­bi­li­da­de com os sis­te­mas Ap­ple CarP­lay e An­droid Au­to, e o ca­da vez mais obri­ga­tó­rio sis­te­ma de car­re­ga­men­to de dis­po­si­ti­vos mó­veis por in­du­ção.

APOS­TA VARIADA

To­das as mar­cas do Gru­po Volkswa­gen es­tão a so­frer com o “di­e­sel­ga­te”, ra­zão pe­la qu­al a Sko­da tem apos­ta­do em motorizaçõ­es a ga­so­li­na, co­mo o bri­lhan­te 1.0 TSI de 116 ca­va­los, e o evo­luí­do 1.5 TSI de 150 ca­va­los, que uti­li­za a tec­no­lo­gia ACT (Ac­ti­ve Cy­lin­der Te­ch­no­logy), que per­mi­te de­sac­ti­var dois dos qua­tro ci­lin­dros do mo­tor quan­do não é ne­ces­sá­ria to­da a sua po­tên­cia. Em­bo­ra me­nos re­ve­lan­te que no pas­sa­do, os mo­to­res di­e­sel con­ti­nu­am pre­sen­tes, co­mo o po­de­ro­so 2.0 TDI de 150 ca­va­los e o po­pu­lar 1.6 TDI, ago­ra com 116 ca­va­los. Es­te úl­ti­mo foi o uti­li­za­do nes­te en­saio, as­so­ci­a­do à efi­caz cai­xa DSG de se­te ve­lo­ci­da­des, re­sul­tan­do nu­ma com­bi­na­ção es­ta per­fei­ta pa­ra uma uti­li­za­ção quo­ti­di­a­na des­pre­o­cu­pa­da, tan­to em con­for­to co­mo em con­su­mos.

Mo­to­ri­za­ção: 1.6 TDI Po­tên­cia: 116 cv Con­su­mo mé­dio: 4,8 l/100 km Si­te: sko­da-au­to.pt Pre­ço: €26 560 (des­de) O INO­VA­DOR SIS­TE­MA DE BAN­COS TRA­SEI­ROS VARIOFLEXV­ARIO PER­MI­TEM AJUS­TAR A VO­LU­ME­TRIA DA BA­GA­GEI­RA, EN­TRE OS 479 E 588 LI­TROS, AM­PLI­AN­DO ES­TA PA­RA OS 1630 LI­TROS COM O SEU REBATIMENT­O, OU 1810 LI­TROS COM A RE­MO­ÇÃO TO­TAL DOS MES­MOS.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.