OU­TROS FOLDABLES

PC Guia - - TEMA DE CAPA -

Uma das coi­sas que mar­cas gos­tam mais de fa­zer é pa­ten­te­ar no­vos dis­po­si­ti­vos ou no­vas tec­no­lo­gi­as que pos­sam ser apli­ca­das à sua fa­mí­lia de pro­du­tos. O fac­to de um fa­bri­can­te pa­ten­te­ar uma tec­no­lo­gia nem sem­pre quer di­zer que irá co­lo­car al­go no­vo mer­ca­do - mui­tas ve­zes ser­ve ape­nas pa­ra ter uma

tec­no­lo­gia re­gis­ta­da em seu no­me, pa­ra de­pois co­lher be­ne­fí­ci­os, quer atra­vés da sua ven­da, quer atra­vés de li­cen­ci­a­men­to. De se­gui­da va­mos ver al­guns re­gis­tos de pa­ten­tes des­co­ber­tos re­cen­te­men­te, que po­dem, ou não, vir a trans­for­mar-se em pro­du­tos pa­ra ven­da nos pró­xi­mos tem­pos.

IN­TEL

Uma pa­ten­te da In­tel, descoberta no iní­cio do ano, mos­tra um dis­po­si­ti­vo com ecrã do­brá­vel, que po­de ser uti­li­za­do co­mo te­le­fo­ne ou com­pu­ta­dor. A In­tel não tem gran­de tradição no mer­ca­do dos smartphone­s e to­das as ten­ta­ti­vas que fez pa­ra se tor­nar um gran­de player no fa­bri­co de pro­ces­sa­do­res pa­ra es­tes dis­po­si­ti­vos mó­veis nun­ca fo­ram bem-su­ce­di­das. Tal co­mo na pro­pos­ta da Xi­a­o­mi, tam­bém o dis­po­si­ti­vo mó­vel da In­tel tem um ecrã com du­as do­bras, mas, em vez de ter o ecrã di­vi­di­do em três par­tes di­fe­ren­tes, são três par­tes iguais, o que, na prática, aca­ba por fa­zer com que o equi­pa­men­to fi­que com uma área de três ecrãs com­ple­tos. Os es­que­mas pre­sen­tes na pa­ten­te tam­bém in­di­ci­am a pos­sí­vel uti­li­za­ção de uma ca­ne­ta ou es­ti­le­te e as câ­ma­ras acom­pa­nham a ten­dên­cia ac­tu­al de se­rem in­cluí­das no ecrã com um pe­que­no ori­fí­cio pa­ra a len­te.

AP­PLE

A Ap­ple tam­bém re­gis­tou uma pa­ten­te de um smartpho­ne com ecrã do­brá­vel. Ao con­trá­rio das ou­tras, a pa­ten­te da Ap­ple dei­xa an­te­ver um de­sign um pou­co mais pa­re­ci­do com os an­ti­gos te­le­mó­veis con­cha, com ecrã que se dobra so­bre si pró­prio pa­ra re­du­zir as di­men­sões do dis­po­si­ti­vo. Vá­ri­os ru­mo­res apon­tam pa­ra 2020, co­mo o ano em que a Ap­ple se irá lan­çar tan­to nas tec­no­lo­gi­as 5G, co­mo no mer­ca­do dos smartphone­s dobráveis. Mas es­tas no­tí­ci­as não pas­sam de ru­mo­res.

MOTOROLA

A Motorola, que faz par­te do uni­ver­so Le­no­vo há vá­ri­os anos, re­gis­tou re­cen­te­men­te uma pa­ten­te, que, en­tre­tan­to, foi con­fir­ma­da co­mo sen­do a ba­se pa­ra um fu­tu­ro pro­du­to co­mer­ci­al: um smartpho­ne com a for­ma do sau­do­so Razr (ou do StarTAC, um dos pri­mei­ros te­le­mó­veis con­cha), mas que, em vez de te­clas, te­rá um ecrã do­brá­vel no seu interior. En­tre­tan­to, a pró­pria Le­no­vo tam­bém re­gis­tou uma pa­ten­te pa­ra um smartpho­ne do­brá­vel com uma for­ma mais de acor­do com as pro­pos­tas da Samsung ou Hu­awei.

LG

No MWC 2019, a LG apre­sen­tou uma so­lu­ção de re­cur­so pa­ra anun­ci­ar a sua en­tra­da no mer­ca­do dos smartphone­s com ecrã do­brá­vel: um mó­du­lo pa­ra o no­vo V50 que acres­cen­ta um ecrã ao que smartpho­ne já tem. Não é a mes­ma coi­sa, mas é um pé na por­ta. No en­tan­to, em No­vem­bro do ano pas­sa­do, foi des­co­ber­to o registo de uma pa­ten­te da LG que ilus­tra um dis­po­si­ti­vo mó­vel com ecrã do­brá­vel com um soft­ware es­pe­cí­fi­co que adap­ta a in­for­ma­ção que o ecrã mos­tra con­so­an­te a sua ori­en­ta­ção. Po­rém, não exis­te qual­quer con­fir­ma­ção de se al­gu­ma vez che­ga­rá a ver a luz do dia sob a for­ma de pro­du­to fi­nal.

SAMSUNG

Ain­da se es­ta­va a des­mon­tar o stand do Mo­bi­le World Con­gress on­de o Fold es­te­ve em destaque e já ti­nha vin­do a pú­bli­co que a em­pre­sa co­re­a­na pan­ten­te­a­ra um no­vo dis­po­si­ti­vo com uma con­fi­gu­ra­ção se­me­lhan­te à dos mo­de­los da Hu­awei e Royo­le, que do­bram o ecrã ao con­trá­rio. Tal­vez a ra­zão te­nha si­do o vin­co no ecrã que mui­tos jor­na­lis­tas as­si­na­la­ram nas fo­tos do Fold.

NOKIA

A pro­pos­ta da Nokia pa­ra um smartpho­ne do­brá­vel é di­fe­ren­te. Na prática é uma cai­xa que se fe­cha por ci­ma do ecrã.

TCL

A TCL, em­pre­sa es­pe­ci­a­li­za­da em ecrãs que de­tém a Alcatel e Blackber­ry, pa­ten­te­ou um dis­po­si­ti­vo se­me­lhan­te a um ou­tro que a Nokia, nos tem­pos áu­re­os, mos­trou co­mo uma das di­rec­ções pos­sí­veis pa­ra o fu­tu­ro dos te­le­mó­veis: um dis­po­si­ti­vo com ecrã do­brá­vel que tam­bém po­de ser uti­li­za­do co­mo pul­sei­ra.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.