FLASH APRE­SEN­TA TRO­TI­NE­TAS ELÉC­TRI­CAS QUE DÃO DES­CON­TOS DE 50% E PO­DEM CAR­RE­GAR O SMARTPHO­NE

PC Guia - - ON -

De­pois da Li­me, que en­trou em Lis­boa em Se­tem­bro de 2018, já en­tra­ram na ca­pi­tal mais cin­co mar­cas de tro­ti­ne­tas eléc­tri­cas: Hi­ve, Voi, Ti­er, Wind e Bun­go - en­tre­tan­to, es­ta úl­ti­ma “de­sa­pa­re­ceu” do ma­pa. Des­tas, a Flash é a úni­ca que mos­tra lo­cais de es­ta­ci­o­na­men­to an app.

A no­va mar­ca de tro­ti­ne­tas eléc­tri­cas de Lis­boa cha­ma-se Flash, é de ori­gem ale­mã e tem, pro­va­vel­men­te, o ser­vi­ço mais com­ple­to dis­po­ní­vel ac­tu­al­men­te e com cla­ras di­fe­ren­ças em re­la­ção à con­cor­rên­cia. Co­me­ça­mos pe­la apli­ca­ção (dis­po­ní­vel pa­ra iOS e An­droid): pa­ra fa­zer os pa­ga­men­tos é pre­ci­so as­so­ci­ar um car­tão de cré­di­to (ou um cri­a­do com o MB Way) e to­dos os dé­bi­tos são fei­tos lo­go após ter si­do con­cluí­da a vi­a­gem, ou se­ja, não é pre­ci­so es­tar sem­pre a car­re­gar sal­do pa­ra usar­mos as Flash. Na in­ter­fa­ce, o fac­to de os hots­pots de es­ta­ci­o­na­men­to es­ta­rem as­si­na­la­dos no ma­pa. Me­lhor: sem­pre que dei­xa­mos uma tro­ti­ne­ta nes­te pon­to, a Flash dá-nos um des­con­to de 50 cên­ti­mos na ta­xa de des­blo­queio, que, co­mo nas ou­tras mar­cas, é de 1 eu­ro. Na app há ain­da a pos­si­bi­li­da­de de re­ser­var um veí­cu­lo por cin­co mi­nu­tos (tal co­mo num au­to­mó­vel Dri­veNow ou Emov), coi­sa que tam­bém não acon­te­ce em mais ne­nhu­ma apli­ca­ção do gé­ne­ro. Te­mos ain­da a fun­ci­o­na­li­da­de de fa­zer com que a tro­ti­ne­ta emi­ta um si­nal so­no­ro pa­ra ser mais fá­cil en­con­trá-la qu­an­do não es­tá ime­di­a­ta­men­te vi­sí­vel, uma ca­rac­te­rís­ti­ca que, até ago­ra, ape­nas es­ta­va dis­po­ní­vel na app da Li­me.

FEI­TA PA­RA AS CI­DA­DES

Pas­san­do da app pa­ra a tro­ti­ne­ta, tam­bém te­mos mais di­fe­ren­ças que co­lo­cam a ofer­ta da Flash uns fu­ros aci­ma da con­cor­rên­cia. Fei­tas pe­la em­pre­sa chinesa Shenzhen Typho­on Bi­ke, mas com de­sign da pró­pria Flash e tem, pelo me­nos, cin­co ca­rac­te­rís­ti­cas que não ve­mos em mais ne­nhu­ma tro­ti­ne­ta de Lis­boa. Co­me­çan­do pelo gui­a­dor, há um su­por­te pa­ra co­lo­car o smartpho­ne, ajus­tá­vel em lar­gu­ra, e que nos per­mi­te, por exem­plo, usar o Go­o­gle Maps pa­ra se­guir­mos um ca­mi­nho. A is­to jun­ta-se uma to­ma­da USB que es­tá tam­bém per­to do gui­a­dor RI­CAR­DO DURAND pa­ra li­gar­mos um ca­bo e car­re­gar o smartpho­ne en­quan­to vi­a­ja­mos. No to­po há ain­da um ou­tro su­por­te, des­ta vez pa­ra co­lo­car uma garrafa ou um co­po tér­mi­co, mas que tam­bém ser­ve pa­ra pren­der uma pe­que­na ma­la de mão ou um sa­co de com­pras. Mais em bai­xo, há du­as ou­tras ca­rac­te­rís­ti­cas que a mar­ca des­ta­ca co­mo di­fe­ren­ci­a­do­ras: o fac­to de as ro­das te­rem dez po­le­ga­das e se­rem mai­o­res que as da con­cor­rên­cia e sus­pen­são a ar, que su­pos­ta­men­te da­rá mais es­ta­bi­li­da­de, prin­ci­pal­men­te em pas­sei­os de cal­ça­da por­tu­gue­sa. A área de co­ber­tu­ra da Flash, em Lis­boa, é se­me­lhan­te ao dos ou­tros ser­vi­ços já exis­ten­tes, com li­mi­tes em Al­gés, Ben­fi­ca, Pon­ti­nha, Oli­val Bas­to e Mos­ca­vi­de, com to­da a área ri­bei­ri­nha a “ver­de”. Além de Lis­boa, a Flash tam­bém es­tá dis­po­ní­vel em Faro e Coimbra.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.