AL­GU­MA, PRI­VA­CI­DA­DE, SFF!

PC Guia - - ON -

Nor­mal­men­te, é is­to que di­ze­mos quan­do que­re­mos ter um tem­po, um um es­pa­ço, só pa­ra nós. Mas, na Internet, es­te te­ma é mui­to mais sé­rio, pois, na mai­o­ria das ve­zes, pa­re­ce que nos es­que­ce­mos de que os da­dos que co­lo­ca­mos, ou par­ti­lha­mos, on­li­ne fi­cam vi­sí­veis pa­ra mais pes­so­as que as que pen­sa­mos. E, co­mo se viu com o es­cân­da­lo da Cam­brid­ge Analy­tics/Facebook, o trá­fi­co de da­dos é re­al e acon­te­ce sem nos aper­ce­ber­mos dis­so. O RGPD po­de ser um gran­de travão à for­ma co­mo os nos­sos da­dos são tra­ta­dos pe­los em­pre­sas a quem os pas­sa­mos e, em Portugal, há uma no­va ins­ti­tui­ção que promete for­mar no­vos pro­fis­si­o­nais que aju­dem a que pro­ble­mas co­mo o do Facebook se­jam mais evi­tá­veis. Ano vi­da deéa Aca­de­mia de Pri­va­ci­da­de( A P ), um no­vo cen­tro de for­ma­ção pa­ra pro­fis­si­o­nais que de­se­jem investir nu­ma car­rei­ra na área da ges­tão de pri­va­ci­da­de, cu­jas ins­cri­ções po­dem ser fei­tas em trust­da­ta­pri­vacy. eu (os fun­da­do­res são os mes­mos da em­pre­sa na­ci­o­nal Trust Da­ta Pri­vacy). É pos­sí­vel que já não vá a tem­po do pri­mei­ro bo­ot­camp (26 de Mar­ço a 26 de Maio), mas o me­lhor mes­mo é es­tar atento às pró­xi­mas opor­tu­ni­da­des, uma vez que a AP veio mes­mo pa­ra fi­car. Se­gun­do os res­pon­sá­veis, a for­ma­ção ofe­re­ci­da pe­la aca­de­mia era «ine­xis­ten­te no País» e cen­tra-se em três áre­as: Pri­va­ci­da­de e Éti­ca, Ges­tão de Risco e Se­gu­ran­ça da In­for­ma­ção, com con­teú­dos que «vão mui­to além da me­ra apli­ca­ção do Re­gu­la­men­to Ge­ral de Pro­te­ção de Da­dos (RGPD) e da for­ma­ção de En­car­re­ga­do de Pro­te­ção de Da­dos (EPD)», ga­ran­te Filipe Lacerda, co-fun­da­dor da AP e um dos sócios da Trust Da­ta Pri­vacy. Os ní­veis de es­pe­ci­a­li­za­ção são três: Bá­si­co, Prac­ti­ti­o­ner e Ex­pert, de acor­do com os ob­jec­ti­vos dos alu­nos e uma das saí­das pro­fis­si­o­nais é um car­go de que se tem fa­la­do mui­to nos úl­ti­mos tem­pos: a fi­gu­ra do DPO - Da­ta Pro­tec­ti­on Of­fi­cer. Pa­ra en­trar na Aca­de­mia de Pri­va­ci­da­de bas­ta, se­gun­do os di­rec­ção, ter «in­te­res­se e gos­to pes­so­al por tra­ba­lhar com ges­tão de da­dos pes­so­ais e pri­va­ci­da­de», além de um do­mí­nio bá­si­co de «con­cei­tos de pro­ces­sos de ne­gó­cio», bem co­mo «co­nhe­ci­men­tos ge­rais de in­for­má­ti­ca e de in­glês».

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.